CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

Oi: Fundo do BTG se une para comprar unidade de fibra ótica da operadora

Publicado

em

Oi: Fundo do BTG se une para comprar unidade de fibra ótica da operadora


Segundo informações da exame invest o fundo do BTG se uniu com a Canada Pension Plan Investment Board para apresentar oferta vinculante pela unidade de fibra ótica da empresa brasileira de telecomunicações Oi (OIBR3;OIBR4), segundo fontes.

Em junho do ano passado, Rodrigo Abreu, Presidente da Oi afirmou que já havia interessados na compra da unidade de fibra ótica da empresa, a InfraCo, a informação foi publicada no jornal “O Estado de São Paulo”.

A InfraCo, pode receber propostas vinculantes, uma da Highline do Brasil, subsidiária local da Digital Colony, e outra da Ufinet, empresa da qual a italiana Enel possui uma fatia. Com isso, a operadora Oi planeja vender até 51% de sua subsidiária por um valor de no mínimo R$ 20 bilhões para a empresa inteira.

A Oi pretende concluir a recuperação judicial em 2022, a recuperação judicial da empresa começou em 2016 e desde então a empresa levantou R$ 1,4 bilhão com a venda de torres e data centers no ano passado. Também anunciou a assinatura de um acordo com a agência reguladora do Brasil, Anatel, reduzindo pela metade as multas que precisa pagar, para R$ 7,2 bilhões.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Banco Pan propõe remanejamento de Conselho de Administração

Analistas do Bradesco BBI veem como positiva o interesse de investidores na InfraCo, uma vez que isso reduz dúvidas sobre a execução do plano de recuperação judicial da empresa de telefonia.

As ações da Oi fecharam o dia em alta as ordinárias (OIBR3) terminaram o dia valendo R$ 2,45 alta de (5,15%), os papéis preferenciais (OIBR4), finalizaram o dia cotados a R$ 2,99, alta de (4,55%).

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas