CONECTE-SE CONOSCO

Mercado de Ações

Itaú BBA e Bradesco BBI recomendam compra nas ações da Oi

Publicado

em

Itaú BBA e Bradesco BBI recomenda compra nas ações da Oi

A Oi (OIBR3) está seguindo seu plano estratégico em vender o máximo de ativos e levantar caixa. A ultima negociação a Oi vendeu sua participação de 25% na angolana Unitel para a companhia petrolífera angolana Sonangol por cerca de US$ 1 bilhão, US$ 760 milhões já foram pagos e agora compõem o caixa da empresa, o restante será pago em seis parcelas mensais de US$ 40 milhões.

Informações apontam que a próxima tacada da Oi será a venda de data centers, torres e potencialmente imóveis que poderiam arrecadar entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão.

O Itaú BBA destaca que a venda será positiva para empresa, uma vez que o montante financeiro ajudará a empresa no curto e no médio prazo, garantindo uma parcela significativa dos recursos para seu plano estratégico, fortalecendo o caixa e melhorando o seu perfil de dívida.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Espaçolaser estreia com alta de 5% na bolsa brasileira

Analistas destacam que a Oi está empenhada no plano estratégico, que são os serviços de fibra com foco em infraestrutura e venda de ativos. Atualmente as ações da Oi possuem recomendação de compra mesmo sendo negociadas abaixo de R$ 1, o Bradesco BBI fixou preço alvo em R$ 1,80. Já o Itaú BBA a recomendação para as ações ordinárias é de compra, tendo em vista a potencial melhora operacional e financeira da companhia. O preço-alvo fixado pelo Itaú BBA é de R$ 1,00.

LEIA: Operadora Oi quer levantar até R$7,5 bi

Compartilhar:

Siga-nos no Google News

Siga-nos nas Redes Sociais

Ações Mais Procuradas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba notícia atualizadas