Connect with us

Mei

MEI: ainda não recebeu o auxílio emergencial de R$ 600? ainda há tempo

Publicado

em

Compartilhar:
MEI: ainda não recebeu o auxílio emergencial de R$ 600? ainda há tempo
Foto: Reprodução/Pixabay

O Ministério da Cidadania, informou que beneficiários que se cadastraram entre os dias 7 e 10 de abril e até agora não foi confirmado para receber o auxílio emergencial pode retornar ao aplicativo da Caixa Econômica Federal e revisar o cadastro.

Veja também: Auxílio emergencial: Aumenta número de reclamações da demora na análise do pedido

O aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial foi atualizado e ficou mais simples. Muitos beneficiários estavam deixando de informar alguns dados, agora está sendo avisados ao consultar o andamento da solicitação do auxílio:

Imagem: Aplicativo caixa, aviso de dados inconclusivos

A Caixa informou que já liberou mais de R$ 22 bilhões do auxílio emergencial para cerca de 31 milhões de pessoas, e foram registrados mais de 45 milhões de cadastros no aplicativo.

Já foram transferidos R$ 31,2 bilhões para a Caixa, que irão atender, até o final do mês, incluindo beneficiários do Bolsa Família, mais de 43 milhões de pessoas, segundo o Ministério da Cidadania.

Microempreendedores Individuais (MEI)

Ainda há tempo para MEI solicitar o auxílio emergencial, o Sebrae estima que o auxílio emergencial deve beneficiar cerca de 3,6 milhões de Microempreendedores Individuais.

O Sebrae também informa que o MEI que estiver com o pagamento mensal (DAS) atrasado não será prejudicado na solicitação do benefício coronavoucher, já que a legislação não prevê esse tipo de veto. Porém, não é possível se cadastrar agora como MEI agora, somente para usufruir do auxílio emergencial.

Solicitar auxílio emergencial:

Para trabalhadores informais e contribuintes individuais do INSS, autônomos e microempreendedores individuais possam solicitar o auxílio.

Também é possível fazer o cadastro nas agências da Caixa ou em casas lotéricas. Se você tiver alguma dúvida, pode ligar para telefone 111, da Caixa. 

A previsão de pagamentos:

  • Primeira parcela no dia ABRIL.
  • Segunda parcela no período MAIO
  • Terceira e última parcela JUNHO.

Será levada em conta a data de aniversário do beneficiário para o pagamento das duas últimas parcelas.

Lembrando que o dinheiro cairá na conta dos beneficiários, exceto os que recebem Bolsa Família. Se você não tem uma conta bancária, a Caixa vai disponibilizar a abertura de contas digitais gratuitas, para pagamento de contas e realização de transferências.

Fonte: Sebrae

Veja também: Auxílio emergencial em análise: Como acompanhar sua solicitação