CONECTE-SE CONOSCO

Crypto

As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Publicado

em

Listamos as 10 principais criptomoedas para investir em 2021 com maior probabilidade de ganhos

As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

As criptomoedas tem atraído novos investidores, devido ao sistemas descentralizados que muitos acham que podem resistir à exploração e ao controle do governo, embora essa característica fundamental do mercado de criptomoedas tenha sido criticada à medida que sua popularidade aumenta.

Apple, Google, Tesla, Samsung, Facebook, PayPal são algumas das empresas que tiveram que se render e recentemente incluíram criptomoedas em seus planos estratégicos.

Na lista das 10 principais criptomoedas classifica as maiores moedas do mundo por capitalização de mercado, um número que representa o valor combinado de todas as unidades de uma moeda em circulação.

Aqui estão as principais criptomoedas com base na capitalização de mercado que você pode considerar investir em 2021.

Bitcoin (BTC)

Bitcoin: As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Uma criptomoeda criada em 2008 por um indivíduo anônimo ou grupo de pessoas que atendiam pelo nome de Satoshi Nakamoto. Bitcoin é uma moeda digital descentralizada que pode ser enviada de usuário a usuário na rede bitcoin ponto a ponto sem o uso de intermediários.

A rede usa criptografia para verificar as transações, que são então registradas em um livro-razão público chamado blockchain. Não há como negar que o bitcoin continuará a dominar o setor de criptomoedas.

Com uma capitalização de mercado de US$ 1,01 trilhão, o BTC, como é conhecido por seu código de mercado, é a criptomoeda mais popular, e foi desenvolvido como um meio de facilitar as transações descentralizadas, bem como uma reserva de valor.

Ethereum (ETH)

Etehereum: As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Uma plataforma descentralizada que permite que Contratos Inteligentes e Aplicativos Descentralizados (DApps) sejam projetados e executados sem a necessidade de tempo de inatividade, roubo, controle ou intervenção de terceiros.

Ethereum é uma rede sem permissão e não hierárquica de computadores (nós) que geram e alcançam consenso em uma sequência cada vez maior de “blocos” ou lotes de transações conhecidas como blockchain.

Ether (ETH) é a segunda maior criptomoeda em valor de mercado depois do Bitcoin.

A rede entrou no ar em 30 de julho de 2015, com um suprimento inicial de 72 milhões de moedas, após ser crowdfunded em 2014. A capitalização de mercado da moeda era de US$ 301 bilhões em 31 de maio de 2021.

Binance Coin (BNB)

Binance Coin (BNB): As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

O BNB foi criado pela Binance em 2017 como sendo um token de utilidade para descontos em taxas de trading. Inicialmente emitido como um token ERC20, o BNB desde então se tornou o token nativo do blockchain da Binance Chain, e uma criptomoeda globalmente valiosa por capitalização de mercado.

Além de ser utilizado para trades e pagamento de taxas na corretora de criptomoedas Binance, o BNB também é confiado pela comunidade e utilizado para ser gasto em bens e serviços em um número cada vez maior de estabelecimentos

BNB é a quinta maior criptomoeda por capitalização de mercado, com uma capitalização de mercado total de US$ 53 bilhões e valor por token de US$ 345.50

Cardano (ADA)

Cardano: As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Cardano tem sido destaque nos últimos meses. É uma rede de criptomoedas e projeto de código aberto com o objetivo de criar uma plataforma pública de blockchain para contratos inteligentes. Criada por Charles Hoskinson, começou a desenvolver a plataforma em 2015 e a lançou em 2017.

Charles Hoskinson, é um dos cinco membros fundadores originais da Ethereum. Depois de alguns desentendimentos com o projeto Ethereum, ele saiu e mais tarde ajudou no desenvolvimento da Cardano.

LEIA TAMBÉM:  Banho de sangue: criptomoedas afundam nesta quarta-feira

Polkadot (DOT)

Polkadot: As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

É uma criptomoeda única à prova de aposta que visa fornecer interoperabilidade de blockchain. Seu protocolo vincula blockchains com e sem permissão, bem como oráculos, permitindo que os sistemas interajam sob o mesmo teto.

Polkadot foi criado por Gavin Wood, Thiel Fellow Robert Habermeier e Peter Czaban. Gavin Wood é cofundador do Projeto Ethereum e anteriormente foi o Diretor de Tecnologia.

Polkadot visa tornar mais fácil a criação e conexão de aplicativos, utilitários e organizações descentralizadas.

Em maio de 2021, Polkadot tinha uma capitalização de mercado de US$ 22 bilhões e DOT era negociado por US$ 22.37.

Ripple (XRP)

Ripple: As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Ripple foi lançada pela primeira vez em 2012. A Ripple Labs criou a XRP como um token de pagamento para ser usado em seu sistema de pagamento descentralizado. XRP é usado com uma rede de nós de validação em vez de blockchain.

Ripple XRP tem capitalização de mercado de US$ 45 bilhões e o moeda XRP negociada por US$ 0.99.

Uniswap (UNI)

Uniswap (UNI): As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

É um protocolo de troca de criptomoedas que opera de forma descentralizada. O nome da empresa que criou o protocolo Uniswap tambémse chama Uniswap. Por meio do uso de contratos inteligentes, o protocolo permite transações automatizadas entre tokens de criptomoeda na blockchain Ethereum.

Em 31 de maio 2021, tinha uma capitalização de mercado de US$ 14,1 bilhões e a moeda UNI negociada por $ 27.12.

Litecoin (LTC)

Litecoin (LTC): As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

Foi lançado sob a licença MIT/X11. Litecoin é quase idêntico ao bitcoin em termos de especificações técnicas. A Rede Litecoin visa processar um bloco a cada 2,5 minutos. Como resultado, o Litecoin pode confirmar transações muito mais rapidamente do que o Bitcoin.

Em 31 de maio 2021, tinha uma capitalização de mercado de US$ 12,2 bilhões e a moeda LTC é negociada por US$ 183.94.

ChainLink (LINK): As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

A rede oracle descentralizada Chainlink (LINK) é um provedor líder que permite que os contratos inteligentes no Ethereum se conectem com segurança a fontes de dados externas, APIs e sistemas de pagamento. Chainlink é um token Ethereum que alimenta a rede oracle descentralizada.

Em 31 de maio 2021, a criptomoeda tinha uma capitalização de mercado de $ 13 bilhões e LINK era negociado por US$ 30,55.

Bitcoin Cash (BCH)

Bitcoin Cash (BCH): As 10 principais criptomoedas para investir em 2021

BCH foi criada em 2017 como um fork do Bitcoin. O objetivo da criação do Bitcoin Cash era permitir um tamanho de bloco maior do que o Bitcoin, permitindo que mais transações sejam armazenadas em um único bloco.

Apesar de suas diferenças, Bitcoin Cash e Bitcoin compartilham algumas semelhanças técnicas, incluindo o uso do mesmo mecanismo de consenso e um limite de fornecimento de 21 milhões de moedas.

Em 31 de maio 2021, tinha uma capitalização de mercado de US$ 13,1 bilhões e a moeda BCH é negociada por US$ 696.28.

Dada a popularidade das criptomoedas, investir nelas requer muito cuidado. Antes de investir em uma criptomoeda, os investidores devem avaliar cuidadosamente o atual cenário das criptomoedas.

 Uma nova rede de criptomoedas poderia facilmente subir na hierarquia e emergir como líder acima de outras plataformas. Como investidor, a coisa mais inteligente que você pode fazer é ficar a par dos acontecimentos do mercado.

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas