Connect with us

Dinheiro

Golpe do PIX oferece R$ 20, mas rouba R$ 800

Publicado

em

O Pix virou febre no país: segundo o Banco Central (BC), foram R$ 152,7 milhões de transferências instantâneas, de acordo com os últimos registros em 4 de agosto. Com a modalidade Pix em alta, os criminosos estão criando alternativas para enganar os usuários.

Um novo tipo de golpe foi descoberto: trata-se do Golpe do PIX, que oferece R$ 20, mas rouba R$ 800 e valores ainda maiores.

Como funciona o golpe

Uma suposta empresa entra em contato com a vítima pelo WhatsApp, oferecendo uma oportunidade de ganhar dinheiro com marketing digital. A vítima é solicitada a fornecer seus dados e é direcionada para um grupo do Telegram.

No grupo, a vítima começa a receber desafios diários, como seguir perfis no Instagram. Em troca, ela recebe um pequeno pagamento.

Veja também:  Qual o rendimento da poupança hoje: 06/09/2021

Após alguns dias, a empresa oferece um investimento em bitcoins, prometendo um retorno de 30%. A vítima investe R$ 100 e recebe R$ 130 de volta.

Com isso, a vítima começa a pegar confiança e acredita que o esquema é real. A empresa então oferece uma nova oportunidade de investimento, mas os desafios se tornam mais inescrupulosos.

A vítima é desafiada a perder R$ 800 ou a fazer um novo depósito de R$ 500 para participar de um curso. Como a vítima já viu algum retorno financeiro, ela acredita que deve continuar investindo para não perder o que já ganhou.

Quando a vítima faz o novo investimento, ela é imediatamente retirada do grupo e bloqueada.

Compartilhar:

Tendência