Connect with us

Dinheiro

As ações da First Republic Bank entram em colapso

Publicado

em

As ações da First Republic Bank entram em colapso

As ações da First Republic Bank sofreram uma queda significativas nas negociações de pré-mercado após o banco regional dos EUA perder metade do seu valor na última terça-feira (25), aumentando ainda o pânico entre dos investidores de que o banco poderia se tornar o terceiro a falir, seguindo o Silicon Valley Bank e o Signature Bank.

As ações da First Republic caíram 8,3% nas negociações de pré-mercado, atingindo US$ 7,43, uma queda de 67 centavos. Desde o início do ano, as ações perderam 93% de seu valor.

Os executivos do banco divulgaram que os depositantes retiraram mais de US$ 100 bilhões durante a crise mês passado, o que causou preocupações sobre a estabilidade do First Republic.

Veja também:  Rendimento da poupança hoje - 04/03/2022 

Como resultado, o banco está agora planejando vender ativos, reestruturar seu balanço e demitir até um quarto de sua força de trabalho de 7.200 funcionários. Além disso, o banco também reduzirá sua área de escritórios corporativos, cortará a remuneração dos executivos em uma quantia “significativa” e eliminará projetos “não essenciais”.

A PacWest e a Pacific West Bankcorp também viram suas ações caírem nas negociações de pré-mercado na quarta-feira, com a PacWest caindo 9% e a Pacific West Bankcorp perdendo 6%. Will Denyer, da Gavekal Research, observou que a crise bancária nos EUA e a crise de crédito mais ampla ainda não acabaram e que os investidores receberam um lembrete agudo disso na terça-feira.

Compartilhar:

Tendência