CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

Oi terá apoio do governo no Cade para vender as redes móveis

Publicado

em

Oi terá apoio do governo no Cade para vender as redes móveis
Wikimedia Commons

O governo vai ajudar a Oi (OIBR3;OIBR4), uma das maiores preocupações do Ministério das Comunicações é impedir uma quebra da quarta maior operadora do Brasil. Entende-se que uma eventual Falência da Oi deixaria mais de 2 mil cidades sem internet ou telefone e isso acendeu o alerta do governo federal.

+ SIGA-NOS NO GOOGLE NEWS

De acordo com a Veja, a Advocacia-Geral da União, estaria intermediando conversas para cortar pela metade a dívida que a Oi possui com a Anatel.

Informações apontam que o plano em ajudar a Oi só dará certo se o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) não interferir na venda do segmento de redes móveis, a Oi Móvel. O consorcio Tim, Vivo e Claro fizeram proposta conjunta de R$ 16,5 bilhões pelo ativo.

Porém, o consórcio teme que o órgão barre as negociações, já que existe risco de matarem a concorrência. O ministro Fábio Faria, prometeu aos executivos da Oi que irá ajudar a convencer os diretores do Cade não impedir a compra.

Oi segue firme em sua reestruturação

A Oi segue firme na reestruturação de seus negócios, o novo plano de recuperação judicial apresentado pela Oi prevê a venda de redes móveis, torres, data centers e parte da rede de fibra óptica, que podem render mais de R$ 22 bilhões para pagar dívidas e viabilizar investimentos.

Oi propôs sair da recuperação judicial até 2022, na última assembleia, o diretor-presidente da companhia, Rodrigo Abreu, informou uma série de ajustes à proposta de aditamento ao plano de recuperação judicial da companhia protocolado na Justiça em 13 de agosto.

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas