Connect with us

Criptomoedas

JPMorgan: Jovens compram Bitcoin e idosos investem em ouro

Publicado

em

JPMorgan: Jovens compram Bitcoin e idosos investem em ouro

Uma pesquisa do JPMorgan concluiu que idosos acumularam mais ouro durante a pandemia do COVID-19, enquanto os jovens focaram no Bitcoin.

A Bloomberg citou a mais recente pesquisa do JPMorgan orientada ao comportamento dos investidores de varejo durante e após a crise do COVID-19. A equipe estrategista liderada por Nikolaos Panigirtzoglou concluiu que os baby boomers (nascidos entre 1946 e 1960) decidiram evitar manter estoques, principalmente ligados ao setor de tecnologia.

Em vez disso, concentraram-se em acumular ativos considerados tradicionalmente mais “seguros” e menos voláteis, como ouro e títulos do governo.

Por outro lado, e talvez sem surpresa, as gerações mais jovens alocaram mais fundos em ativos arriscados como ações e criptomoedas, particularmente o Bitcoin. Por fim, os analistas destacaram que as duas gerações demonstram sérias divergências em suas preferências e concluíram que “as pessoas mais idosas preferem ouro, enquanto as mais jovens preferem o Bitcoin”

Veja também:  Grandes detentores de Cardano acumulam US$ 138 milhões em ADA em poucos dias

Veja também:

Compartilhar:

Tendência