CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Auxílio emergencial: 40 milhões de brasileiros devem receber benefício

Publicado

em

Auxílio emergencial: 40 milhões de brasileiros devem receber benefício


O retorno do auxílio emergencial deve beneficiar cerca de 40 milhões de brasileiros. Porém, o Ministério da Economia irá realizar um filtro do programa, priorizando a população mais vulnerável e, com isso as mães solteiras não iriam receber o dobro do pagamento.

A quantidade de pessoas a receber o auxílio deve incluir os beneficiários do programa Bolsa Família. Os valores podem ficar entre R$ 200 e R$ 250 por beneficiário. A estimativa do Ministério da Economia é que o programa dure de três a quatro meses.

Com isso, o governo federal pagaria entre R$ 24 bilhões e R$ 50 bilhões pelo benefício. No ano anterior, o montante gasto foi de R$ 322 bilhões.

Pagamento do auxílio emergencial 2021

O Presidente Jair Bolsonaro, afirmou que irá fechat pauta ainda no mês de fevereiro, para que a partir de março 2021 para que o pagamento seja iniciado.

O governo pretende iniciar o pagamento do auxílio emergencial na primeira quinzena do mês, a segunda até o dia 30 e a terceira em abril. Porém, será preciso ainda definir, em parceria com a Caixa, como serão organizados os pagamentos de modo que evite aglomerações devido ao novo coronavírus.

Requisitos para solicitar auxílio emergencial

  • Ter mais de 18 anos ou ser mãe adolescente;
  • Não ter emprego formal;
  • Possuir renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • A pessoa não pode ter recebido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de R$ 28.559,70;
  • Estar desempregado ou exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI); ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social; ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CADÚnico)
LEIA TAMBÉM:  MEI: Benefícios do governo para ajudar com a pandemia de coronavírus

Foto: Cris Faga/Estadão Conteúdo

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas