Connect with us

Mercado de Ações

Ação da Oi acumula perda de quase 53% em 2021

Publicado

Em

Ação da Oi acumula perda de quase 53% em 2021

Nesta semana, as ações da Oi voltaram a ficar abaixo de R$ 1. Na última segunda-feira (16), os papéis da empresa de telecomunicações chegou a bater R$ 0,99, na mínima da sessão.

A ação ordinária da Oi (OIBR3) acumula perda de (-52.72%) e a ação preferencial (OIBR4) acumula queda de (-34.75%) nos oito primeiros meses do ano.

Analistas acreditam que a queda das ações da Oi representa um mau-humor generalizado. Porém, há quem diga que são os grandes “investidores” realizando seus lucros. Aproveitando, a disparada das ações após o BTG Pactual comprar a InfraCo (a unidade de infraestrutura da Oi) por R$ 12,9 bilhões.

Pequenas Teles questiona negociações da Oi

A Algar acredita que o negócio pode gerar poder de monopólio, violando as regras de concorrência previstas na Lei n° 12.529/2011, e acusa as três principais teles de agirem sem autorização prévia do Cade.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ibovespa recua com realização de lucros em pregão sem NY

Vivo, TIM e Claro compradoras da Rede móvel da Oi, pediram ao Cade que a transação seja aprovada sem nenhuma restrição.

Para as operadoras, a transação não gera preocupações concorrenciais”. já que a “intensa concorrência” no mercado de internet e telefonia móveis, serão mantidas, uma vez que o setor é inovador, dinâmico e competitivo.

Oi lucra R$ 1,139 bilhão no 2T21

A Oi, divulgou lucro líquido de R$ 1,139 bilhão no 2T21, ante prejuízo de R$ 3,409 bilhões no período anterior. O caixa consolidado, totalizou R$ 3.421 milhões no 2T21, o que representou um aumento de 13,0% no comparativo trimestral e uma redução de 43,7% no ano contra ano.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ibovespa recua com mercado ainda avaliando medidas tributárias; bancos pesam

Credit suisse rebaixa preço-alvo para as ações (OIBR3)

o Banco credit Suisse rebaixou o preço-alvo para as ações da (OIBR3) de R$ 1,80 para R$ 1,60, mantendo recomendação neutra.

O Banco suíço acredita que a Oi irá queimar (cerca de R$ 6 bilhões) de caixa, impulsionado por um Ebitda mais fraco no curto prazo.

AVISO: As informações contida nesse site são para fins educacionais, não constituindo oferta ou solicitação de compra ou de venda de qualquer instrumento financeiro ou de participação em qualquer estratégia de negócio específica.

Compartilhar: