Connect with us

Criptomoedas

Shiba Inu (SHIB) vai continuar subindo? Analista tenta responder

Publicado

em

Shiba Inu (SHIB) vai continuar subindo? Analista tenta responder

Shiba Inu subiu 381% nos últimos dias, após uma misteriosa baleia comprar 6 trilhões de moedas, investindo cerca de US$ 43.838.916.

Além do mais, Elon Musk deu as caras e publicou no Twitter uma imagem do seu filhote de Shiba Inu, impulsionado a criptomoeda meme.

Em um movimento de correção, SHIB caiu 17,82% na última quinta-feira (07). Porém, nas últimas 24 horas SHIB começou a ganhar força subindo +23,48% a $0.00002815, segundo dados da Coinbase.

Shiba Inu vai continuar subindo?

De acordo com uma análise elaborada pelo site fxempire, Shiba Inu precisaria passar pelo FIBONACCI de 38,2% em $ 0,00002387 e o pivô de $ 0,00002640 para trazer o primeiro nível de resistência principal de $ 0,00003210 em jogo.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Quem criou a criptomoeda Shiba Inu (SHIB)?

O suporte do mercado mais amplo seria necessário, no entanto, para Shiba Inu sair do FIB de 23,6% de $ 0,00002831.

No entanto, se a criptomoeda meme consegir barrar outra liquidação prolongada, evitando o segundo nível de suporte principal em $ 0,00001160. O FIBO de 62% de $ 0,00001668 deve limitar o lado negativo.

No caso de outro rompimento, Shiba Inu poderia testar a resistência em $ 0,000050 antes de qualquer recuo. O segundo nível de resistência principal fica em $ 0,0000412.

Atualmente, Shiba Inu (SHIB) é a 20ª maior criptomoeda em valor de mercado. De acordo com o site Coinmarketcap a capitalização de mercado de SHIB é de $11,107,457,933.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Shiba Inu pode ultrapassar Cardano, segundo analista

Aviso importante:

LEIA: As informações contida nesse site são para fins educacionais, não constituindo oferta ou solicitação de compra ou de venda de qualquer instrumento financeiro ou de participação em qualquer estratégia de negócio específica.

Compartilhar:

Siga-nos no Google News

Siga-nos nas Redes Sociais

Ações Mais Procuradas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba notícia atualizadas