Connect with us

Dinheiro

Rifas online: O lado obscuro dos sorteios promovidos por influencers

Publicado

em

Rifas online: O lado obscuro dos sorteios promovidos por influencers

A prática de realizar sorteios e rifas online se tornou modinha entre os influenciadores, mas está sendo alvo de investigações por órgãos de fiscalização federal. Autoridades estão associando esses métodos a crimes, tais como fraudes e lavagem de dinheiro.

Segundo o Ministério da Economia, é necessário que os sorteios tenham autorização do governo federal para serem considerados regulares. Isso significa que é preciso seguir as normas e regulamentações para garantir a lisura e transparência do processo, bem como proteger os direitos dos participantes.

Recentermente, dois influenciadores com grande presença em plataformas digitais foram alvo de uma grande operação que investiga sorteios ilegais de veículos e lavagem de dinheiro no Distrito Federal.

A ação envolveu mandados de busca e apreensão realizados tanto no Distrito Federal quanto em Minas Gerais, onde foram apreendidos dois veículos da marca Lamborghini avaliados em R$ 5 milhões.

Um dos carros estava na cidade de Esmeraldas (MG) sob posse de Elizeu Silva Cordeiro, mais conhecido como “Big Jhow”, que tem mais de um milhão de seguidores em suas redes sociais.

Veja também:  Rendimento da poupança hoje: 14/10/2021

Iscas

Influenciadores com milhares de seguidores utilizam imagens de carros de luxo e dinheiro para chamar a atenção do público e vender cotas que podem variar de alguns centavos a valores mais elevados.

Em alguns casos, os influenciadores afirmam que o comprador que adquirir o maior número de cotas receberá um prêmio.

Essa prática de divulgação pode levar a um comportamento impulsivo por parte dos seguidores, que podem comprar as cotas sem entender completamente os riscos envolvidos. Além disso, nem sempre fica claro para os compradores como exatamente as cotas funcionam.

Ganhos altos

De maneira simples e rápida, podemos fazer uma conta para entender como funciona a arrecadação de um influenciador que possui 1 milhão de seguidores. Suponha que ele venda 100 mil cotas a R$ 0,50 cada uma, totalizando R$ 50 mil em arrecadação

Em seguida, o influenciador oferece um prêmio de R$ 5 mil reais para o ganhador. Dessa forma, os R$ 45 mil restantes ficam com o operador.

Compartilhar:

Tendência