Connect with us

Mercado de Ações

Os ‘micos’ da bolsa de valores: As 5 ações para evitar em 2024

Publicado

em

Os 'micos' da bolsa de valores: As 5 ações para evitar em 2024
Imagem: Oleg Gamulinskii / Pixabay

Ações para evitar em 2024

Ao considerar investir nas bolsas de valores, é crucial estar ciente dos riscos envolvidos. Embora o mercado de ações ofereça oportunidades lucrativas, também apresenta perigos significativos. Neste artigo, vamos examinar as ações que devem ser evitadas em 2024.

Siga Money Invest no  Google News Money Invest

1. Oi (OIBR3)

A Oi passa por sua segunda recuperação judicial e suas ações sofrem uma grande volatilidade, tornando-se extremamente perigosa para novos investidores, já que a situação da empresa ainda é indefinida e há rumores de possível falência. No momento da matéria, os papéis OIBR3 são negociados na Bolsa de Valores a R$ 0,77.

2. Magazine Luiza (MGLU3)

O Magazine Luiza já foi a queridinha da Bolsa de Valores. Hoje, o setor não está passando por bons momentos. As ações, que chegaram a valer R$ 25,57 em novembro de 2020, hoje são negociadas a R$ 1,91 e passarão por um grupamento na proporção de 10 para 1.

3. Casas Bahia (BHIA3)

Não muito diferente do Magazine Luiza, o Grupo Casas Bahia espera por uma recuperação no setor de varejo, impulsionada pela expectativa de aumento do consumo e pela redução do endividamento dos consumidores, que está demorando para acontecer. As ações BHIA3 são negociadas a R$ 6,68. Recentemente, BHIA3 passou por um grupamento na razão de 25 para 1 e, desde então, continuam caindo.

4. Pão de Açúcar (PCAR3)

No terceiro trimestre de 2023, o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) registrou um prejuízo líquido consolidado de R$ 1,295 bilhão, quase quatro vezes maior do que o valor registrado no mesmo período de 2022. Desde então, as ações da varejista caíram vertiginosamente. Os papéis, que já chegaram a valer quase R$ 80 em fevereiro de 2021, hoje são negociados na bolsa de valores a R$ 3,02.

5. GOL (GOLL4)

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes está em recuperação judicial nos Estados Unidos. E no Brasil, enfrenta uma dívida estimada em R$ 20 bilhões. Como consequência, as ações da Gol foram excluídas dos índices da B3. As ações são negociadas a R$ 1,72, e enquanto essa queda acentuada pode parecer uma oportunidade para investidores novatos, pode se transformar em um grande problema se a Gol solicitar recuperação judicial no Brasil.

Veja também:  Oi pede recuperação judicial pela segunda vez

Agora que você já conferiu as Ações para Evitar em 2024, é hora de aprender algumas dicas essenciais para evitar armadilhas na Bolsa de Valores.

Riscos de investir em ações

Antes de mergulhar no mundo das ações, é crucial entender os riscos associados a esse tipo de investimento. As ações são conhecidas por sua volatilidade e flutuações imprevisíveis de preço. Os investidores devem estar preparados para lidar com possíveis perdas financeiras.

Um dos principais riscos de investir em ações é a possibilidade de perder todo o seu capital investido. As ações podem sofrer desvalorizações significativas em um curto período de tempo, especialmente em condições econômicas instáveis. Portanto, é essencial ter uma estratégia de gerenciamento de riscos em vigor antes de investir em ações.

Tipos comuns de ações a serem evitadas – micros e penny stocks

Ao considerar quais ações evitar em 2024, é crucial mencionar os chamados “micros” e “penny stocks”. As ações de micro capitalização são de empresas com baixo valor de mercado, geralmente abaixo de US$ 300 milhões, e são altamente voláteis e arriscadas. Já as penny stocks são negociadas a preços muito baixos, frequentemente abaixo de US$ 1 por ação, e são consideradas especulativas, com alto potencial de manipulação de preços. Investir nessas ações é comparável a uma montanha-russa financeira, com altos riscos e incertezas, ou a jogar em um cassino, onde as chances de perder são altas.

Conclusão

Ao considerar quais ações evitar em 2024, é crucial ficar longe das micros e penny stocks, devido à alta volatilidade e riscos envolvidos. Em vez disso, opte por investir em ações de empresas de grande capitalização ou em fundos de índice para reduzir o risco. Faça uma pesquisa completa antes de investir e esteja preparado para lidar com a volatilidade do mercado. Utilize ferramentas de pesquisa e preste atenção a indicadores-chave para identificar ações a serem evitadas. Lembre-se das tendências do mercado, mas esteja ciente da imprevisibilidade do mercado. Com uma estratégia sólida e cautelosa, é possível tomar decisões de investimento inteligentes e navegar com sucesso no mundo das bolsas de valores.

Dica: Consulte um consultor financeiro para obter orientação personalizada sobre investimentos no mercado de ações.

Compartilhar:

Tendência