Connect with us

Empresas

Oi pede recuperação judicial pela segunda vez

Publicado

em

Oi pede recuperação judicial pela segunda vez

A Oi solicitou na última quarta (1º) o seu segundo pedido de recuperação judicial. A operadora informou que, com o novo acordo, pretende aumentar a flexibilidade de endividamento, reduzir custos e melhorar sua estrutura de capital.

O objetivo é obter um plano de recuperação que permita a empresa retomar suas operações de forma sustentável. A Oi tem trabalhado para reduzir seu endividamento desde 2017. O plano de reestruturação de 2018 previa reduções de custos, melhoria da eficiência operacional e venda de ativos para reduzir as dívidas da empresa.

Veja também:  Oi não queimou o caixa, diz lauro jardim em seu blog

A companhia informou que, embora tenha conseguido reduzir significativamente o endividamento, a pandemia de COVID-19 trouxe novas dificuldades financeiras. A Oi precisou, então, buscar mais espaço para negociar com seus credores.

A empresa havia encerrado a recuperação judicial em dezembro de 2022, após ter vendido sua rede móvel para TIM, Claro e Vivo por R$ 16,5 bilhões.

Compartilhar:

Tendência