CONECTE-SE CONOSCO

Mercado de Ações

Mercado de opções: Quem acreditou na alta de Cogna viram suas Call virarem Pó

Publicado

em

Mercado de opções: 200 milhões de calls de (Cogn3) viraram "pó"

Mercado de opções, movimentou muito dinheiro nessa segunda-feira. De acordo com a Infomoney, mais de 200 milhões de calls de (COGN3) viraram “pó” nesta segunda-feira, último dia de exercício das opções com vencimento em agosto. O exercício de contratos de opções sobre ações movimentou hoje R$ 12,8 bilhões, dos quais cerca de R$ 5,78 bilhões foram opções de compra (Call) e R$ 7,02 bilhões opções de venda (Put).

Conforme afirma o matemático e professor de derivativos, Su Chong Wei, de 337 milhões de ativos deste tipo da companhia no mercado, 280 milhões eram com preço de exercício (ou strike) superior a R$ 7 e vencimento em agosto. Apenas as 6 “calls” mais negociadas de COGN3 possuíam mais de 200 milhões de contratos em aberto.

Ou seja, os contratos viraram “pó”, o que corresponde a um valor de mais de R$ 60 milhões. Nesta sessão, as ações da Cogna terminaram o dia em queda de 4,31%, a R$ 6,88.

Mercado de opções

No mercado de opções, negocia-se o direito de comprar ou de vender um bem por um preço fixo numa data futura. Quem adquirir o direito deve pagar um prêmio ao vendedor. Este prêmio não é o preço do bem, mas apenas um valor pago para ter a opção (possibilidade) de comprar ou vender o referido bem em uma data futura por um preço previamente acordado.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ibovespa: Ações com as maiores altas e as maiores baixas desta sexta-feira

O objeto de negociação pode ser um ativo financeiro ou uma mercadoria, negociados em pregão, com ampla transparência. O comprador da opção, também chamado titular, sempre terá o direito do exercício, mas não obrigação de exercê-lo. O vendedor da opção, também chamado lançador, terá a obrigação de atender ao exercício caso o titular opte por exercer seu direito.

Preço de exercício: É o preço que o titular paga (ou recebe) pelo bem em caso de exercício da opção.
Prêmio: É o valor pago pelo titular (e recebido pelo lançador) para adquirir o direito de comprar ou vender o ativo pelo preço de exercício em data futura.

Assim como no mercado futuro, é possível uma contraparte transferir a um terceiro o seu compromisso, desde que execute a operação inversa àquela que originou a posição inicial; quem comprou, vende a mesma opção; ou quem vendeu originalmente, compra uma opção para a mesma série e vencimento, o que dispensa a necessidade das contrapartes originais permanecerem atreladas até a data de vencimento da obrigação.

Atenção: a título de simplificação esse exemplo não considera os custos de transação envolvidos.

Cogna na Carteira Top Picks Semanal XP

Também nesta segunda-feira,(17), Cogna entrou para a Carteira Top Picks Semanal XP que é assinada por Gilberto Coelho e composta por 5 ativos. O analista diz que a Carteira Semanal Top Picks busca retorno a curto prazo, considerando apenas a análise técnica.

Fontes: investidor.gov.br e Infomoney.com.br

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas