CONECTE-SE CONOSCO

Mei

MEI ficará isento no Santander e ganhará carência em linha de capital de giro

Publicado

em

Na tentativa de amenizar os efeitos da crise gerada por conta do coronavírus. O Santander (SAND11) anunciou algumas medidas para ajudar os Microempreendedores durante a crise. Os Microempreendedores Individuais (MEI) que precisarem contratar linhas de capital de giro com o banco terão três meses de carência para pagar a primeira parcela. 

Para ter acesso, será preciso que o MEI receba em sua conta Santander o dinheiro das vendas capturadas em qualquer maquininha de cartão.

Segundo o banco, o valor referente à cobrança da tarifa de pacote de serviços e de transferências eletrônicas como TEDs e DOCs poderá ser utilizado como crédito para o pagamento de contas de concessionárias (energia, água, telefonia etc) em débito automático e aqueles autorizados, os chamados DDAs.

Nota do Santander

O banco diz que as iniciativas têm como objetivo “ dar liquidez ao empreendedor neste momento de redução da atividade econômica, permitindo também uma melhor gestão do orçamento e de seus pagamentos”. O período de contratações vai até 30 de abril.

Veja também: MEI UBER: Pague INSS como motorista de aplicativo

Compartilhe:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba notícia atualizadas