CONECTE-SE CONOSCO

Criptomoedas

Justiça americana concede à Ripple acesso a documentos da Binance na batalha contra a SEC

Publicado

em

Justiça americana concede à Ripple acesso a documentos da Binance na batalha contra a SEC

A justiça americana aprovou o pedido da Ripple receber acesso a documentos da Binance em seu processo juducial em andamento contra a SEC.

Por meio de sua equipe jurídica, Brad Garlinghouse, o CEO da Ripple, entrou com uma moção no Distrito Sul de Nova York para solicitar documentos relevantes para o processo legal em andamento contra a SEC da Binance Holdings Limited.

O processo diz que o executivo da Ripple “busca descobrir com base em sua crença de boa fé de que [Binance] possui documentos e informações exclusivas sobre o caso e, especificamente, sobre o processo pelo qual as transações em XRP supostamente conduzidas pelo Sr. Garlinghouse na plataformas de negociação de ativos digitais foram conduzidas.”

VOCÊ PODE GOSTAR:  CoinGate suspenderá o uso de XRP para pagamentos

A juíza americana Sarah Netburn, aprovou o pedido e o tribunal “se comunicará com o conselho para providenciar a entrega das cartas”.

A lei de valores mobiliários da SEC aplica-se apenas a ofertas e vendas domésticas, o que contradiz o que a Comissão está tentando provar. Em contraste, a equipe jurídica da Ripple afirma que “Sr. As vendas de XRP de Garlinghouse foram feitas em sua maioria em plataformas de negociação de ativos digitais fora dos Estados Unidos.”

“A Suprema Corte considerou que a Seção 5 do Securities Act de 1933, que a SEC alega que Garlinghouse violou, se aplica apenas a vendas domésticas e ofertas de títulos.”

Processo judical da SEC contra Ripple

A SEC Comissão de Valores Mobiliários Americana, move processo contra a Ripple em quue alega que Ripple levantou mais de US$ 1,3 bilhão com a venda de XRP com títulos não registrados desde 2013.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ripple (XRP) tem grande chance de ganhar processo da SEC

Com informações cryptopotato

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas