CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

JBS capta US$500 mi com menor taxa de juro da história para pagar Vivera

Publicado

em

JBS capta US$500 mi com menor taxa de juro da história para pagar Vivera

Por Nayara Figueiredo

SÃO PAULO (Reuters) – A JBS (JBSS3), maior empresa de proteína animal do mundo, fechou nesta sexta-feira a captação de 500 milhões de dólares em bonds emitidos nos Estados Unidos, afirmou a empresa em comunicado ao mercado.

Conforme antecipado pela Reuters mais cedo, a taxa de juros da operação ficou em 3,75% ao ano, o menor patamar da história para uma emissão da companhia.

A demanda do mercado pelos papéis superou em mais de seis vezes o valor ofertado, por isso a taxa de juros foi reduzida em relação aos 4% propostos inicialmente, informou uma fonte à Reuters nesta sexta-feira na condição de anonimato.

Os recursos serão utilizados para pagar a aquisição da empresa Vivera, terceira maior produtora de alimentos plant-based da Europa. A Vivera foi adquirida no mês passado por 341 milhões de euros.

VOCÊ PODE GOSTAR:  CSN autoriza IPO da unidade de mineração

“A proposta para aquisição da Vivera, assinada em abril passado, fortalece e impulsiona a plataforma global de produtos plant-based da JBS, agregando conhecimento tecnológico e capacidade de inovação para potencializar os negócios da JBS neste segmento”, disse a empresa em comunicado assinado pelo diretor de Relações com Investidores, Guilherme Cavalcanti.

Com um portfólio de 50 produtos, a Vivera tem três unidades fabris na Holanda, além de um centro de pesquisa e desenvolvimento no mesmo país, para atender um segmento que cresce cerca de 20% ao ano na Europa, especialmente entre holandeses, alemães e ingleses, que respondem por 60% do mercado de “plant-based” europeu.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Itaú Unibanco lança saque em dólar e euro no Banco24Horas

A companhia fatura cerca de 100 milhões de dólares ao ano, disse a JBS quando a aquisição foi divulgada.

Nesta semana, a JBS reportou resultados financeiros e teve o melhor primeiro trimestre da história, com lucro líquido recorde de 2 bilhões de reais, impulsionado por um forte desempenho positivo na América do Norte.

(Por Nayara Figueiredo)

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas