CONECTE-SE CONOSCO

Mercado de Ações

Ibovespa fecha em alta com expectativa de que Câmara mantenha veto a reajuste de servidores

Publicado

em

Ibovespa fecha em alta com expectativa de que Câmara mantenha veto a reajuste de servidores
(Foto: Gisele Federicce)

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou em alta nesta quinta-feira, após perder o patamar dos 100 mil pontos mais cedo, favorecido por expectativas de que a Câmara dos Deputados mantenha veto presidencial para reajuste de servidores.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,61%, a 101.467,87 pontos, após recuar 1,7%, para 99.131,40 pontos, no pior momento do pregão. O volume financeiro somou 28,3 bilhões de reais.

Veja também:

A bolsa paulista abriu a sessão pressionada por preocupações com a situação fiscal do país após o Senado derrubar veto presidencial ao projeto sobre reajuste salarial a categorias do serviço público durante a pandemia de Covid-19.

DESTAQUES DO DIA

B3SA3

  • B3 subiu 4,65%, recuperando-se durante o pregão após recuar 2,8% no pior momento, um dia após a divulgação de dados operacionais de julho, que analistas consideraram sólidos para sustentar tendências positivas à frente.

VALE3

  • VALE avançou 0,9%, também ajudando o Ibovespa a se afastar das mínimas da sessão, com o setor de siderurgia e mineração também mostrando ganhos em USIMINAS PNA e GERDAU PN. CSN ON caiu 0,54%.

MGLU3

  • MAGAZINE LUIZA ON caiu 2,62%, destaque na ponta negativa, em sessão de ajuste, após acumular até a véspera alta de 9,7% na semana, na esteira de resultado trimestral robusto. No setor, VIA VAREJO ON subiu 1,4% e B2W ON avançou 0,37%.

PETR4

  • PETROBRAS PN perdeu 0,7%, na esteira da queda dos petróleo no exterior, onde o Brent caiu 1%. A petrolífera anunciou que vai aumentar os preços médios do diesel em 5%, ao maior nível desde fevereiro, e os da gasolina em 6%, a patamar não visto desde janeiro.
LEIA TAMBÉM:  O Presidente Jair Bolsonaro desmente Foxnews e afirma que teste para coronavírus deu negativo

SBSP3

  • SABESP ON cedeu 2,39%, em meio a ruídos sobre o plano de reorganização societária da companhia de saneamento. Após o governador João Doria afirmar na véspera que tomou decisão para capitalizar a empresa, a Sabesp disse que não há decisão tomada.

ITUB4

  • ITAÚ UNIBANCO PN terminou estável e BRADESCO PN fechou em queda de 0,24%, longe das mínimas da sessão, o que ajudou na melhora do Ibovespa.

SUZB3

  • SUZANO valorizou-se 3,2%, favorecida pela alta do dólar em relação ao real. No setor, KLABIN UNIT subiu 1,59%. Além disso, analistas do Morgan Stanley elevaram a recomendação de Suzano para ‘overweight’ e de Klabin para ‘equalweight’.

COGN3

  • COGNA recuou 0,15% antes da divulgação do balanço do segundo trimestre, previsto para esta quinta-feira ainda.

Por Paula Arend Laier / Informações da Reuters

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas