Connect with us

Politica

Governo monitora risco de greve na Petrobrás

Publicado

Em

General Heleno e os ministros do TST manifestaram preocupação com a postura dura das estatais

(Gabinete de Segurança Institucional) tem monitorado de perto negociações salariais nas empresas estatais. O Palácio do Planalto teme um efeito cascata de paralisações.

Segundo relatos feitos à Folha de São paulo, Heleno pediu a assessores do governo que o mantenham a par das novidades em relação às negociações das categorias. Os informes são reportados ao presidente Jair Bolsonaro.

As atenções estão voltadas principalmente para a Petrobras PETR4.

preocupação de Heleno é que eventuais paralisações afetem a atividade econômica e gerem instabilidade social, impulsionadas não apenas por discussões trabalhistas, mas pelo plano de privatizações do ministro da Economia, Paulo Guedes.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Jair bolsonaro sanciona MP da liberdade econômica

Entre as estatais com potencial de venda de ativos, Petrobras, Eletrobras e Correios

Compartilhar:
Continuar Lendo...