Connect with us

Dinheiro

Gasolina e alimentos disparam inflação dos EUA e atinge pico de 9,1% em junho

Publicado

Em

Gasolina e alimentos impulsionam inflação dos EUA para alta de quatro décadas de 9,1% em junho

Nos Estados Unidos, o índice de preços ao consumidor aumentou 1,3% em junho, informou o Departamento do Trabalho nesta quarta-feira (13).

Os custos da gasolina e dos alimentos permanecem elevados, resultando no maior aumento anual da inflação em 40 anos e meio obrigando o Federal Reserve aumentar as taxas de juros na próxima reunião.

A COVID-19 e guerra na Ucrânia, também pesaram para aumento nos preços globais de alimentos e combustíveis, piorando ainda mais a situação global. Os preços da gasolina nos EUA estão em média acima de US$ 5 por galão, atingindo recordes em junho.

Zona do euro

O Euro caiu para mesmo valor do dólar, também aumentando os problemas de inflação.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Caixa vai distribuir 99% do lucro do FGTS aos trabalhadores

A moeda caiu 10% de seu valor em relação ao dólar desde o início do ano. Entre os motivos, a forte desaceleração econômica na zona do euro que deixará as taxas de juros do Banco Central Europeu muito abaixo das do Federal Reserve.

A última vez que o euro valeu menos do que o dólar foi em 2002.

Compartilhar: