CONECTE-SE CONOSCO

Criptomoedas

Criptomoeda brasileira é suspeita de golpe

Publicado

em

Segundo análise, a criptomoeda possui algumas características suspeitas que indicam a possibilidade de golpe

Criptomoeda brasileira é suspeita de golpe
Imagem Facebook

Conforme a lista de moedas virtuais crescem e evoluem, aparecem esquemas mais elaborados, e a identificação de tokens suspeitos se torna cada vez mais difícil.

O site Token Sniffe, tem a função de analisar e identificar tokens fraudulento e, com sorte, ajudar a prevenir uma eventual perda de capital dos investidores.

Criptomoeda Brasileira Xiglute Coin (XGC)

A criptomoeda Xiglute Coin (XGC) virou alvo de suspeitas após o Token Sniffe, site que faz auditoria verificar questões envolvendo a criptomeda Brasileira.

O site encontrou linhas de comando no código fonte da Xiglute Coin que permite o desenvolvedor parar todas as transações criptográficas referente a moeda. Ou seja, se o desenvolvedor quiser, pode reter toda liquidez (dinheiro) dos investidores.

Outra característica que denota estranheza é a sua forma de compra. O usuário precisa fazer um Pix para a conta no Banco do Brasil da XIGLUTE REDE SOCIAL LTDA para que o próprio projeto envie os tokens ao seu endereço. Normalmente, ao adquirir uma shitcoin, a forma correta e confortável seria por uma bolsa centralizada como a Binance ou, por uma bolsa descentralizada como a PancakeSwap.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Novo torneio de criptografia "Freebooter Treasure" com recompensas mensais na 1xBit

Segundo reportagem do site Portal Bitcoin, a XGC usa o white paper que seria uma cópia idêntica do white paper da SafeMoon. Esse documento é fundamental para qualquer projeto de criptomoeda, não possuir quase nenhum texto original, com o desenvolvedor se limitando a apenas alterar o nome e os valores das taxas também causa estranheza.

XiGlute Coin

Foi criada em 2012 pelo empresário Dario Candido. O projeto afirma que a cada transação realizada entre os holders, 4% desse valor é retirado da reserva de moedas fora de circulação e convertido da seguinte forma: 2% é redistribuído a todos os holders e 2% são “queimados”, como forma de diminuir a oferta de moedas no mercado e aumentar sua valorização.

“Executamos um passo a passo para garantir 100% de segurança em todo o processo e todos os detalhes são apresentados aos investidores de forma clara e interativa”, assegura Cândido.

Rede Ethereum

O criptoativo, é baseado no padrão ERC-20 Ethereum. Usando os próprios padrões de token ERC-20 da Ethereum, qualquer um pode criar seu próprio token e programar as características desejadas da moeda, como sua segurança, parâmetros, com os quais contratos inteligentes estão sujeitos. 

VOCÊ PODE GOSTAR:  Anonymous declara guerra contra Elon Musk por manipular o mercado de criptomoedas

Criptomoeda Brasileira Vira lata finance

Vira lata finance também foi alvo de denúncias em um dossiê de 21 páginas publicado por especialistas em criptomoedas em que afirmaram que  Vira-lata Finance ($REAU), não era apenas uma brincadeira, muito menos uma concorrente da Dogecoin e sim um esquema ponzi.

Segundo relatório, chamou atenção a alta concentração das moedas ($REAU) em poucas carteiras. O fato de não saber ao certo quem o criou levanta indícios que a Vira-lata finance pode ser scam.

Tentamos contato com o responsável da Xiglute, mas não tivemos êxito.

Com informações Portal Bitcoin

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas