Connect with us

Mercado de Ações

Ação da Oi desaba para R$ 0,57 centavos e grupamento volta ser a melhor opção

Publicado

em

Compartilhar:

Às 10:45 a ação da Oi (OIBR3) chegou a bater R$ 0,57 centavos queda de (-17,39%), agravada pela crise do coronavírus e caixa operacional negativo em R$ 413 milhões. Com isso, o Grupamento começa a ser inevitável para Oi, que ocorre quando a companhia julga que a cotação de sua ação está baixa, ela pode reunir várias ações em uma. Em geral, esse processo reduz a volatilidade dos papéis.

Para Bovespa a ação muito baixa ocasiona muita volatilidade que acaba atraindo investidores que atuam de maneira especulativa. Em novembro do ano passado, a operadora foi notificada pela B3 para divulgar os procedimentos que adotaria e o cronograma para elevar o preço das ações.

Na época, a Oi chegou informar que, caso a cotação de seus papéis não fiquem acima de R$ 1,00 até a próxima assembleia geral ordinária da companhia marcada para abril de 2020, iriam formalizar o grupamento de suas ações.

Venda da telefonia móvel

Na assembleia, também poderá ser votada a destinação dos recursos gerados pela provável venda das operações móveis da companhia, o que abrangeria tanto o pagamento de credores como o investimento em redes de fibra óptica. As informações são do Valor.

venda da rede móvel poderia render para Oi até US$ 4,8 bilhões. Atualmente a Oi é a quarta maior operadora de telefonia móvel do país, a operadora vivo (controlada pela Telefônica), líder do segmento com mais de 70 milhões de linhas ativas, já demonstrou interesse pela rede da Oi.