Connect with us

Empresas

Via varejo: Ação sobe após evolução na Black friday

Publicado há

em

Via varejo: Ação sobe após evolução na Black friday
(Foto: Leon Neal/Getty Images)

Via varejo (VVAR3) fez uma de suas melhores black friday faturando R$ 1,1 bilhão garantindo seu espaço em 2019.

Na Black Friday deste ano, o ecommerce faturou R$ 3,2 bilhões, 23,6% acima da edição de 2018, segundo a Ebit Nielsen. O ticket médio caiu, foi de R$ 608, no ano passado, para R$ 602 neste ano. 

Logística e à integração “omnicanal” foram fundamental para esse sucesso. Para ter uma base de comparação, no terceiro trimestre de 2019, o grupo faturou R$ 6,5 bilhões, o que representa uma média diária de R$ 70,6 milhões.

Magazine Luiza, que investiu três vezes mais em marketing em uma estratégia digital arrojada comprando até espaço na TV com apresentação de Luciano Huck, apresentou queda de 0,24%. Apesar disso, a marca informa “crescimento muito acima do mercado” nas vendas e 14 milhões de usuários ativos em seu aplicativo.

A Eleven Financial manteve o preço-alvo de R$ 12

Analistas da Eleven, afirmam que a empresa teve bom desempenho por causa de lojas abastecidas, boas negociações com fornecedores, além de logística e plataforma sistêmica atualizados.

O relatório chama atenção para o fato de a companhia já ter entregado 40% das compras, A direção da companhia, em encontro com analistas da Eleven, sinalizou que a as despesas operacionais da Via Varejo devem cair de forma significativa, para cerca de R$ 50 milhões em 2020. 

A Eleven mantém o preço-alvo de R$ 12 por ação da Via Varejo com recomendação de compra.

Ação da empresa (VVAR3) opera em alta de (2,53%) cotada à R$ 9,74.

VEJA MAIS: Via Varejo afirma que não foram confirmadas irregularidades

Tendência