Connect with us

Dinheiro

Real ultrapassa o Peso Argentino e agora é a pior moeda entre os emergentes

Publicado

em

Real ultrapassa o Peso Argentino e agora é a pior moeda entre os emergentes
Foto de Edwin Jaulani / Pexels

Siga Money Invest no  Google News Money Invest

O Real continua se desvalorizando em ritmo acelerado e acaba de ultrapassar o Peso Argentino em termos de desvalorização. Agora, a moeda brasileira é a mais desvalorizada entre os países emergentes. Um dos principais motivos é a fuga dos investidores, que estão saindo diariamente do Brasil devido a questões internas, como os gastos fiscais acelerados.

O dólar subiu 0,73%, atingindo R$ 5,421 na compra e na venda. Alcançou R$ 5,43 no pico. Enquanto isso, o contrato futuro de primeiro vencimento estava em alta de 0,86%, chegando a 5.429 pontos por volta das 17h30.

Mesmo assim, o governo Lula insiste que a economia está indo muito bem. Nesta segunda-feira (17), Haddad afirmou que Lula ficou “surpreso” com a notícia de que a carga tributária caiu no Brasil em 2023.

Veja também:  Dólar cai a mínimas em cinco meses e real é destaque no mundo com fluxo por juro mais alto

Porém, 2024 começou com aumentos nos tributos federais. Um exemplo é o aumento gradual no imposto de importação sobre veículos elétricos e híbridos. Além disso, o governo reonerou os impostos federais sobre o óleo diesel e o gás de cozinha. A receita do governo com impostos cresceu 8,82% no primeiro bimestre de 2024 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Para complicar ainda mais, recentemente Lula propôs novos aumentos de impostos, fazendo o dólar disparar para R$ 5,42.

Compartilhar:

Tendência