Connect with us

Empresas

Política de preço da Petrobras pode fazer gasolina custar R$ 18,00 reais o litro

Publicado

em

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil
Google news

A Política de preço da Petrobras, nivela todo o petróleo produzido e comprado pelo país aos preços internacionais, ou seja, quando o dólar ou o barril de petróleo sobem o consumidor sente no bolso.

A medida foi sancionada no governo de Michel Temer, desde então, a empresa segue o chamado Preços por Paridade Internacional (PPI). Com o barril no mercado internacional já testando o patamar de US$ 140.

Especialista estimam que o litro da gasolina pode custar R$ 18 reais, caso as ameaças da Rússia se concretize e o barril chegue aos US$ 300.

O que a Petrobras diz:

A Petrobras (PETR4) defende a atual política de preços de combustíveis baseada no valor do barril de petróleo no mercado internacional e do dólar.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ações Triunfo (TPIS3) disparam 11,24%, com lucro 710% maior no quarto trimestre

O gerente geral de comercialização no mercado interno da Petrobras, Sandro Barreto, disse que a PPI garante o pleno abastecimento ao País.

“Essa referência no mercado internacional é fundamental para que o mercado siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento. Temos vários atores. O Brasil importa grande quantidade de diesel, gasolina e GLP e esses atores fazem parte da cadeia de suprimento”, explicou.

A Petrobras registrou lucro de R$ 106 bilhões em 2021, um aumento de 1.400% em relação aos R$ 7,11 bilhões em 2020.

Compartilhar: