Connect with us

Empresas

Nubank é a primeira a liberar pagamentos via WhatsApp

Publicado

em

Nubank é a primeira a liberar pagamentos via WhatsApp

Nubank anunciou que se tornará a primeira fintech a liberar o envio de dinheiro e de pagamentos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp. Inicialmente, o acesso às funções se destinam aos clientes com a função débito habilitada.

O serviço será oferecido pelo Facebook Pay e processado pela operadora de pagamentos local. A função já está em fase de implementação e deve ficar disponível a uma parcela dos usuários dentre alguns dias.

Pelo aplicativo de mensagens será possível enviar e receber dinheiro de familiares, amigos ou conhecidos. Quem é dono de empresa terá a disposição a ferramenta WhatsApp Business para a função de pagamentos.

Assim como o Nubank, o WhatsApp e o Facebook não cobram taxas quando você envia ou recebe dinheiro de amigos e familiares usando a função débito, ou quando envia pagamentos para uma empresa usando o débito ou crédito.

Como serão feitos os envios?

Em seu site oficial, o Nubank explicou como funcionará a dinâmica das transações via aplicativo. Confira:

  1. Ao abrir o WhatsApp, clique na opção “Pagamentos”;
  2. Em seguida, basta tocar em “Facebook Pay” para ler os termos e condições. Depois, é só criar um PIN de seis dígitos para os acessos;
  3. Informe o nome completo, CPF e dados do cartão Nubank habilitado na função débito, como número, data de vencimento e CVV;
  4. Um código de seis dígitos será liberado no app do Nubank para verificação do cartão no aplicativo do WhatsApp;
  5. Após a verificação o cartão já estará cadastrado!
Veja também:  Oi consegue diminuir prejuízo em R$ 2,64 bilhões no 3T20 queda de 54%

Além do envio e recebimento de dinheiro, também será possível realizar compras em empresas utilizando o cartão de crédito e débito. Como dito anteriormente, a empresa precisa fazer uso do aplicativo WhatsApp Business.

Para as transações não serão cobradas taxas ou tarifas; salvo os casos de empresas que receberem pagamentos via app. Nesses casos, será cobrada uma taxa fixa.

Compartilhar:

Tendência