Connect with us

Empresas

Lava Jato tem indícios que dinheiro da Oi foi para Sítio de Atibaia

Publicado há

em

Lava Jato tem indícios que dinheiro da Oi foi para Sítio de Atibaia
Logo da operadora de telefonia Oi é visto em loja, em São Paulo 02/10/2013 REUTERS/Nacho Doce

De acordo com o site O antagonista, A Lava Jato tem indícios de que o sítio de Atibaia foi adquirido com recursos ilícitos de contratos das Gamecorp (Lulinha) e Gol (Jonas Suassuna) com empresas do grupo Oi/Telemar (OIBR3) (OIBR4).

Entre 2004 e 2016, Lulinha, Jonas e Kalil Bittar receberam juntos mais de
R$ 132 milhões da Oi, sem “justificativa econômica plausível”.

“As investigações apontam que as empresas do grupo Gamecorp/Gol não possuíam mão de obra e ativos compatíveis com a efetiva prestação dos serviços para os quais foram contratadas pela Oi/Telemar.

Veja: Oi: a empresa que simbolizou a era Lula

Provas documentais colhidas, como contratos e notas fiscais, além de dados extraídos a partir do afastamento dos sigilos bancário e fiscal dos investigados, indicam que as empresas do grupo Oi/Telemar investiram e contrataram o grupo Gamecorp/Gol sem a cotação de preços com outros fornecedores, fizeram pagamentos acima dos valores contratados e praticados no mercado, assim como realizaram pagamentos por serviços
não executados.”

Veja também: Oi que reportou um aumento de 330% no prejuízo do 3° tri, agora pede mais prazo na RJ

Tendência