CONECTE-SE CONOSCO

Crypto

Justiça dos EUA apreende US$ 24 milhões em criptomoedas a pedido do governo brasileiro

Publicado

em

Justiça dos EUA apreende US$ 24 milhões em criptomoedas a pedido do governo brasileiro

O Departamento de Justiça dos EUA apreendeu US $ 24 milhões em criptomoedas a pedido do governo brasileiro, de acordo com um relatório apresentado na última quarta-feira, (05).

O governo brasileiro havia pedido ajuda em relação a um programa de fraude de cripto-ativos chamado Operação Egito. As autoridades haviam informado que mais de 10 mil brasileiros poderiam ter sido enganados por esse sistema, com perdas de cerca de US $ 200 milhões.

De acordo com informações prestadas pelas autoridades brasileiras ao Departamento de justiça americano, os fundos estão supostamente vinculados ao esquema de investimento de criptomoedas de Marcos Antônio Fagundes, que é acusado de operar instituição financeira sem autorização legal, manejo fraudulento de instituição financeira, desfalque de fundos, lavagem de dinheiro e violação da Lei de Valores Mobiliários. 

Ele e seus cúmplices supostamente dirigiam uma instituição financeira não registrada para manter os cripto-ativos que recebeu das vítimas “promessas falsas e inconsistentes” sobre como os fundos foram investidos e retornos excessivos.

Os fundos teriam sido mantidos em uma bolsa de criptomoedas com sede nos Estados Unidos.

De acordo com o Tratado de Assistência Mútua Estados Unidos-Brasil, que está em vigor desde 2001 e permite que qualquer governo apresente uma moção para “produto ou ação do crime”, está sujeito a embargos em uma das áreas em questão.

Veja também:

Compartilhar:
LEIA TAMBÉM:  MasterCard e Visa bloqueiam pagamentos para o Pornhub

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas