CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

IRB Brasil RE encerra o 2° trimestre com prejuízo de R$ 671,2 milhões

Publicado

em

IRB Brasil RE encerra o 2° trimestre com prejuízo de R$ 671,2 milhões

IRB Brasil (IRBR3) divulga prejuízo de R$ 671,2 milhões no 2° semestre. De acordo com a companhia, despesas com sinistros maiores que as normais e desvalorização cambial contribuíram para o resultado.

A empresa alega incerteza sobre qual será o impacto final dessa pandemia sobre o ambiente de negócios. Muitos governos, por exemplo, cortaram as taxas de juros para os níveis mais baixos de todos os tempos, com efeitos sobre indústrias que dependem de investimentos, com consequente efeito na rentabilização das reservas técnicas de seguradoras e resseguradoras.

A companhia informou que após serem identificadas irregularidades cometidas por ex-diretores e na divulgação de informações, que provocaram questionamentos da Comissão de Valores Imobiliários (CVM) e ações na Justiça.

O IRB instaurou uma investigação interna, para averiguar a responsabilidade dos executivos, a qual também é questionada pela CVM. Os problemas do IBR começaram em fevereiro, quando uma carta pública da gestora Squadra apontou problemas nos resultados da companhia.

O IRB informa que registrou aceleração nos avisos de sinistros no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2019, principalmente nas linhas de negócios patrimonial e vida, no Brasil, e patrimonial e rural, no exterior.

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas