Connect with us

Notícias

Covid-19: Paciente com coronavírus diz que droga divulgada por Donald Trump salvou sua vida

Publicado

em

Compartilhar:
Covid-19: Paciente com coronavírus diz que droga divulgada por Donald Trump salvou sua vida

O Jornal New York Post, divulgou que um homem da Flórida diagnosticado com coronavírus afirmou ter sido salvo da morte por um medicamento anti-malária apontado como possível tratamento pelo presidente Trump .

Rio Giardinieri, 52, disse ao Fox 11 de Los Angeles que lutou com dores nas costas, dores de cabeça, tosse e fadiga por cinco dias depois de pegar o COVID-19, possivelmente em uma conferência em Nova York.

Médicos do Hospital Infantil Joe DiMaggio, no sul da Flórida, o diagnosticaram com coronavírus e pneumonia e colocaram oxigênio na UTI, disse ele à agência.

Depois de mais de uma semana, os médicos disseram que não havia mais nada a fazer e, na noite de sexta-feira, Giardinieri se despediu de sua esposa e três filhos.

“Eu estava no ponto em que mal conseguia falar e a respiração era muito desafiadora”, disse Giardinieri. “Eu realmente pensei que meu fim estava lá.”

Então, um amigo enviou a ele um artigo recente sobre a hidroxicloroquina, um medicamento prescrito usado para tratar a malária há décadas e doenças autoimunes como o lúpus.

Giardinieri, disse que tomou três doses do medicamento no sábado e espera receber alta do hospital em cinco dias.

“Para mim, não havia dúvida de que não chegaria até a manhã”, disse Giardinieri. “Então, para mim, a droga salvou minha vida.”

Estudos no exterior descobriram que é promissor como tratamento para o COVID-19, embora não tenha sido aprovado pelas autoridades de saúde .

Na semana passada, Trump disse que estava instruindo o FDA a acelerar os testes de hidroxicloroquina e uma droga relacionada, a cloroquina, como tratamento para o COVID-19.

Veja também: Investidores estão atentos a sinais que podem derrubar Wall Street após seguidas altas