Connect with us

Empresas

Bradesco anuncia mudança de CEO em meio a resultados decepcionantes

Publicado

em

Foto: MoneyInvest
Google news

O Bradesco (BBDC3, BBDC4) anunciou a nomeação de Marcelo de Araújo Noronha como novo presidente-executivo do grupo financeiro, em substituição a Octavio de Lazari Jr.

Lazari, de 60 anos, assumiu a liderança do Bradesco em 2018, após uma longa carreira no próprio banco desde 1978. Noronha, de 58 anos, é atualmente vice-presidente do banco desde 2015.

A escolha de Noronha se baseia em sua vasta experiência profissional de mais de 38 anos no mercado financeiro, com 20 anos dedicados à Organização Bradesco.

Essa mudança na alta gestão é vista positivamente, considerando que os resultados recentes do banco têm ficado significativamente abaixo das expectativas do mercado. Isso sugere que mais mudanças nas estratégias do banco podem ser adotadas.

Bradesco na Bolsa de Valores

Nos últimos cinco anos, o desempenho das ações do Bradesco apresentou uma queda significativa de 36%, o que trouxe preocupação para os investidores de longo prazo. Essa queda nos valores das ações foi um resultado decepcionante para aqueles que esperavam obter retornos positivos em seus investimentos.

Veja também:  10 ações com mais investidores pessoas físicas na bolsa de valores

Anteriormente considerado o segundo maior banco em termos de valor de mercado, o Bradesco viu sua posição sendo gradualmente ultrapassada pelo BTG Pactual, o que resultou em uma reorganização do ranking dos maiores bancos do país. Atualmente, o Bradesco ocupa a terceira posição, enquanto o Itaú Unibanco continua dominando o mercado como o maior banco do Brasil.

No entanto, é importante ressaltar que a posição no ranking não é o único indicador de sucesso de um banco. O Bradesco ainda é uma instituição financeira sólida, com uma base de clientes leal e uma presença significativa no setor bancário brasileiro.

Compartilhar:

Tendência