Connect with us

Mercado de Ações

As ações da Magazine Luiza precisam subir 573% para gerar lucro aos investidores de 2020

Publicado

em

As ações da Magazine Luiza precisam subir 573% para gerar lucro aos investidores de 2020.

As ações da Magazine Luiza precisariam subir 573% para gerar lucro aos investidores de 2020

Magazine Luiza (MGLU3) era a favorita dos investidores até a chegada da pandemia, que acabou com a alegria dos investidores e deixou muitos iniciantes no topo, devido aos impactos da pandemia no Brasil em 2020.

Atualmente, o setor varejista enfrenta dificuldades devido às altas taxas de juros, o que torna os financiamentos para os consumidores inviáveis. Além desse desafio, a concorrência também se intensificou devido à pressão exercida por sites internacionais e ao crescimento de outras empresas do segmento.

Para piorar a situação, a inflação encontra-se em patamares elevados.

Magazine Luiza irá quebrar um dia

O veterano e maior investidor pessoa física da B3, Luiz Barsi, já afirmou que o Magazine Luiza (MGLU3) pode ter um destino ruim, como a falência, assim como boa parte do e-commerce brasileiro.

“Magazine Luiza um dia vai quebrar. Não sei quando, mas vai.” – afirmou Barsi

De fato, a Americanas já entrou em processo de recuperação judicial. A dívida total da empresa agora é de R$ 50,1 bilhões, superando os R$ 42,5 bilhões divulgados anteriormente em fevereiro.

Veja também:  Altas e baixas: os destaques de hoje da bolsa de valores

Enquanto isso, a Lojas Marisa está passando por um processo de reestruturação de suas dívidas e revisão de seu modelo de negócio. Por outro lado, a Centauro optou por fechar 10 de suas lojas físicas em janeiro, buscando reduzir despesas e aumentar seus lucros diante do atual cenário econômico.

As ações da Magazine Luiza precisariam subir 573%

Em 06 de novembro de 2020, as ações do Magazine Luiza eram negociadas a R$ 27,34 antes de caírem para a mínima de R$ 2,20 em 01 de julho de 2022.

Nesta quinta-feira (01), as ações da varejista encerraram o dia a R$ 4,06, registrando uma alta de 6,84%. No entanto, para satisfazer os investidores que compraram no topo, as ações do Magalu precisariam subir cerca de 573,90%.

Compartilhar:

Tendência