Connect with us

Criptomoedas

Argentina aposta em criptomoedas para impulsionar economia

Publicado

em

Argentina aposta em criptomoedas para impulsionar economia
Imagem: David / Pixabay
Google news

A Argentina quer ser diferente de outros países que não gostam de criptomoedas e querem dificultar seu uso cobrando muito imposto.

Javier Milei, presidente da Argentina, anunciou uma proposta ousada para estabelecer um regime tributário favorável às criptomoedas, representando um passo significativo na abordagem do país em relação às moedas digitais.

A proposta tem como objetivo incentivar o uso responsável das criptomoedas. O documento especifica que ativos digitais declarados até 31 de março serão sujeitos a uma taxa de imposto modesta de 5%. Essa taxa aumentará para 10% de abril a junho de 2024 e atingirá 15% de julho a setembro do mesmo ano.

Veja também:  As criptomoedas que vão explodir em 2024

Essa medida é interpretada como parte de uma agenda mais abrangente de reformas econômicas e políticas, que visam reduzir despesas, abrir indústrias e fortalecer o desenvolvimento econômico.

Embora tenha demonstrado apoio às criptomoedas, Milei ainda não propôs a adoção do bitcoin como moeda legal na Argentina, como fez El Salvador. Em vez disso, ele defende a dolarização da economia argentina como uma estratégia para enfrentar o desafio da inflação generalizada no país.

Compartilhar:

Tendência