CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

Amazon entra para o setor de saúde com farmácia online

Publicado

em

Usuários americanos poderão gerenciar suas prescrições médicas e pedidos por meio do site da Amazon e aplicativos móveis.

Amazon entra para o setor de saúde com farmácia online

Amazon está interessada no mercado de saúde que nos Estados Unidos que vale US $ 312 bilhões nos EUA trilhões por ano. Diante disso, a gigante do varejo, quer criar seu novo ramo de meio trilhão de dólares, ou mais, lançando a Amazon Pharmacy.

Segundo a CNBC, A partir de agora, os consumidores da amazon poderão se inscrever em uma loja dentro da varejista e criar o perfil der “farmácia segura” e adicionar informações como plano de saúde, problemas de saúde e receitas. A ideia é coletar informações para oferecer aos clientes diversos medicamentos desde genéricos aos de referência.

Clientes Amazon Prime terão vantagens assim como já funciona para frete grátis. Na Farmácia da Amazon, usuários terão vantagens como descontos em medicações e outros benefícios.

De acordo com a companhia usuários Amazon Prime poderão ter de 40 a 80% de descontos em medicamentos. A empresa também afirma que os usuários conseguirão salvar medicações compradas pessoalmente em até 50 mil farmácias nos Estados Unidos, como a Rite Aid, a CVS, Walmart e Walgreens.

A Amazon Pharmacy estará disponível em 45 estados esta semana, relata o CNBC . Os estados atualmente não cobertos incluem Havaí, Illinois, Kentucky, Louisiana e Minnesota, embora a Amazon planeje expandir para essas áreas no futuro. A Amazon afirma que aceita “a maioria” dos planos de seguro e dará aos clientes a opção de falar com um farmacêutico para obter conselhos.

O lançamento da Amazon Pharmacy é uma mudança significativa da Amazon, mas está longe de ser inesperada. A empresa vem consolidando sua posição no mercado de saúde há anos, com sinais apontando para um lançamento nos serviços farmacêuticos.

Em um comunicado à imprensa, o vice-presidente sênior do consumidor norte-americano da Amazon, Doug Herrington, sugeriu que essa dinâmica funcionaria a favor da empresa. “À medida que mais e mais pessoas procuram realizar tarefas diárias de casa, a farmácia é uma adição importante e necessária à loja online da Amazon”, disse Herrington.

Em 2018, a Amazon comprou a PillPack, uma startup de entrega de produtos farmacêuticos, por aproximadamente US $ 1 bilhão. A empresa posteriormente rebatizou o serviço como PillPack pela Amazon Pharmacy.

Veja também:

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Publicidade:

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas