CONECTE-SE CONOSCO

Mercado de Ações

Ações de varejistas desabam na Bolsa de valores

Publicado

em

Ações de varejistas desabam na Bolsa de valores

As coisas não estão fáceis para as varejistas na Bolsa de Valores. A Pandemia causou perdas de R$ 200,7 bilhões no varejo até 1ª semana de junho.

As vendas no comércio varejista subiram 1,4% em maio, após crescimento de 4,9% em abril. Com isso, o resultado de maio é o segundo crescimento consecutivo do varejo, se encontra 3,9% acima do patamar pré-pandemia.

O setor acumula ganho de 6,8% no ano e de 5,4% nos últimos 12 meses. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada pelo IBGE.

Ações varejistas na Bolsa de Valores:

Magazine Luiza

Às 15h14, MGLU3 caía -2.64%, cotada a R$ 16,57. No ano, os papeis caem (-33.36%).

VIIA antiga (Via Varejo)

Às 15h14, VIIA3 caía -2.98%, cotada a R$ 8,77. No ano, os papeis caem (-45.6%).

Lojas Renner

Às 15h14, LREN3 caía -1.81%, cotada a R$ 36,7. No ano, os papeis caem (-14.78%).

Hering

Às 15h14, HGTX3 subia +0.68%, cotada a R$ 36,64. No ano, os papeis sobem (+114.93%).

Pão de Açúcar

Às 15h14, PCAR3 caía -1.39%, cotada a R$ 27,61. Na máxima do dia, chegou a tocar o preço de R$ 28,00. No ano, os papeis caem (-52.82%).

Atacadão

Às 15h14, CRFB3 subia +0.91%, cotada a R$ 18,5. Na máxima do dia, chegou a tocar o preço de R$ 18,66. No ano, os papeis caem (-2.23%).

Compartilhar:
VOCÊ PODE GOSTAR:  De volta à realidade: Ibovespa recua na abertura e pode ter pior semana em meses

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas