Connect with us

Empresas

WEG vai reduzir jornada e salários de funcionários por conta da crise do coronavírus

Publicado

em

WEG vai reduzir jornada e salários de funcionários por conta da crise do coronavírus

SÃO PAULO (Reuters) – A WEG (WEGE3) comunicou nesta segunda-feira decisão de reduzir em 25% a jornada de trabalho e, consequentemente, os salários dos profissionais da Unidade Motores de Jaraguá do Sul e Itajaí, em Santa Catarina de junho a agosto de 2020.

A decisão contempla também os profissionais administrativos das áreas corporativas de Jaraguá do Sul e foi tomada com base na Medida Provisória nº 936, de 1º de abril de 2020.

No Brasil a WEG disse que já está operando, desde o início de maio, com redução de jornada de 25% na unidade de Tintas e Vernizes, em Guaramirim (SC), bem como redução de jornada de 50% na unidade de Motores Comerciais e Appliance, em Linhares (ES).

Veja também:  Itaú deixa Bradesco no chinelo e lucra R$ 9,77 bilhões no 1º trimestre

“No total, estarão envolvidos nas reduções de jornada de trabalho anunciadas neste momento pela companhia aproximadamente 12 mil colaboradores”, disse.

A WEG, como todos os demais setores da indústria, vem sentindo os impactos da pandemia em seus negócios, afirmou em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Com operações fabris em 12 países, fornecendo produtos de ciclo curto e longo para os mais diversos setores da economia, já prevê uma diminuição de receita em segmentos que atua, destacadamente para os produtos de ciclo curto de produção.”

Por Paula Arend Laier

Veja também: UBS acredita que dólar pode ir a R$7,35 ao fim de 2021

Compartilhar:

Tendência