Connect with us

Criptomoedas

Ronaldinho Gaúcho abandonou a 18kRonaldinho

Publicado há

em

UOL noticiou que Ronaldinho Gaúcho não autoriza mais a vinculação do seu nome a marca 18kRonaldinho. Até então, o craque brasileiro era apontado como sócio-fundador do negócio.

Além de Ronaldinho Gaúcho, o irmão do jogador, Assis, também tinha sua imagem vinculada a empresa.

Segundo o advogado que representa os dois irmãos, o contrato foi rescindido entre a empresa e a dupla.

Sérgio Queiroz afirmou que seus clientes deixaram a empresa recentemente, cerca de quinze dias atrás.

Por outro lado, a 18kRonaldinho nega que o jogador tenha deixado de representar a plataforma.

Após a publicação da matéria do UOL, Marcelo Lara confirmou que Ronaldo Gaúcho não faz mais parte da 18kRonaldinho.

De acordo com o presidente da empresa, o ‘destrato’ aconteceu devido a presença do jogador em outras plataformas de marketing de multinível.

18kRonaldinho e CVM

Além da denúncia protocolada junto ao MPF, a 18kRonaldinho foi denunciada também a CVM.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é responsável por deliberar sobre as atividades do mercado financeiro no Brasil.

O nome do ex-jogador da seleção brasileira já foi vinculado em dois negócios que receberam denúncias distintas encaminhados a CVM.

Além da 18kRonaldinho, a CVM também recebeu denúncias relacionadas as atividades da Forex LBLV, segundo o CoinTelegraph.

Com mais de dois mil associados, a 18kRonaldinho promete um retorno de até 2% ao dia.

Segundo o advogado Gabriel Villarreal que representa a empresa, esse retorno está ligado aos produtos que a plataforma disponibiliza. Em entrevista ao UOL, Gabriel afirmou ainda que a empresa possui um “sistema de bonificação diária sobre os resultados da empresa”.

Mas a própria 18kronaldinho, já tinha dito que os rendimentos vêm de operações de arbitragem com criptomoedas e investimentos em bolsa de valores.


Continue lendo

Tendência