Connect with us

Mercado de Ações

Oi registra prejuízo de R$ 6,2 bi e venda da rede móvel se torna inevitável

Publicado

em

Oi registra prejuízo de R$ 6,2 bi e venda da rede móvel se torna necessária
Oi

A operadora de telefonia Oi (OIBR3) (OIBR4) que tinha adiado a divulgação das suas informações financeiras trimestrais divulgou na madruga desta terça-feira, (16), seu balanço financeiro.

A Oi registrou prejuízo de R$ 6,2 bi. Depois de ter apurado um lucro líquido de R$ 568,4 milhões no mesmo período anterior.

A Companhia destaca que no 1° trimestre, seguiu acelerando os investimentos em fibra. Isso mostra que o foco da empresa está na expansão de fibra já que a rede móvel da operadora está em processo de negociação com as concorrentes Vivo e Tim. O projeto de expansão de Fibra (FTTH) continua apresentando resultados consistentes.

A Companhia alcançou 5,6 milhões de Homes Passed e atingiu 944 mil Homes Connected, sendo 889 mil no segmento Residencial, superando a marca de 1 milhão de casa conectadas no mês de abril de 2020.

Veja também:  Ações (OIBR3) caem 11,35% após Tim, Claro e Telefônica pedirem R$ 3,2 bi de volta à Oi

A dívida bruta registrou saldo de R$ 24.441 milhões, que no comparativo anual, o aumento do endividamento foi de R$ 8.068 milhões.

Venda das operações móveis pode ocorrer em breve

O Valor econômico noticiou que a Oi receberá proposta pela rede móvel até final de julho. Apesar da crise, o processo de venda da operação de telefonia móvel da Oi não foi suspensa e corre sem exclusividade, destacou o jornal. Antes disso, já tínhamos noticiado com exclusividade, as operadoras vivo e tim estariam aguardando para oficialmente divulgarem a conclusão de compra da Oi.

Compartilhar:

Tendência