Connect with us

Empresas

Oi decide adiar a divulgação das suas informações financeiras trimestrais

Publicado

em

A Operadora de telefonia Oi (OIBR3) publicou na noite de quarta-feira (27) via Fato relevante, que decidiu adiar a divulgação das suas informações financeiras trimestrais e do relatório de revisão dos auditores independentes relativos ao primeiro trimestre de 2020.

Oi decide adiar a divulgação das suas informações financeiras trimestrais

A princípio as informações seriam divulgadas nesta quinta-feira (28), a nova data ficou para o dia 15 de junho de 2020.

A Oi que está em recuperação judicial, explica que está em fase de preparação da documentação necessária para o protocolo junto à 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro de proposta de aditamento a seu Plano de Recuperação Judicial (¨PRJ”), envidando todos os esforços para viabilizar sua aprovação em nova Assembleia Geral de Credores o mais brevemente possível.

Veja também:  Venda da Oi Móvel para Claro, TIM e Vivo é aprovada

A Companhia decidiu por antecipar alguns indicadores financeiros preliminares de seu resultado relativo ao período, com base em informações ainda não revisadas pelos auditores independentes:

(R$ bi) 1º trimestre de 2020
EBITDA de Rotina* 1,481
Caixa 6,310

* Ebitda de Rotina considera os efeitos do IFRS 16. O Ebitda de Rotina preliminar Ex-IFRS 16 é R$ 1,046 Bilhão.

Na última terça-feira (26), a Fitch Ratings rebaixou os ratings da Oi, incluindo o Rating de Emissor de Longo Prazo (LT) em Moeda Estrangeira (FC) de “B-“ para “CCC+”. A perspectiva de classificação nos ratings internacionais foi removida

Compartilhar:

Tendência