CONECTE-SE CONOSCO

Empresas

IRB Brasil RE tem prejuízo líquido de R$48,9 mi em abril

Publicado

em

IRB Brasil RE tem prejuízo líquido de R$48,9 mi em abril
IRB Brasil RE (Divulgação)

O IRB-Brasil Resseguros (IRBR3) comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral o relatório periódico mensal enviado à Superintendência de Seguros Privados SUSEP. 

O Resultado líquido foi negativo em R$48,9 milhões ante um prejuízo líquido em abril de 2020 de R$170,1 milhões. Nos quatro primeiros meses, o lucro líquido foi de R$1,9 milhão ante um prejuízo líquido no mesmo período de 2020 de R$135,1 milhões. O prejuízo líquido em abril de 2021 foi de R$38,9 milhões, já nos quatro primeiros meses de 2021 a Companhia obteve um lucro líquido de R$41,5 milhões. 

Prêmio emitido de R$785,9 milhões se manteve praticamente estável em relação a abril de 2020 com uma redução de 0,9%, sendo R$364,7 milhões no Brasil e R$421,2 milhões no exterior. Com crescimento de 8,6% no Brasil em relação a abril de 2020 e redução de 7,9% no exterior no mesmo conceito. Já nos quatro primeiros meses de 2021, o prêmio emitido de R$2.716,4 milhões, apresentou redução de 2,6%, em relação ao mesmo período de 2020, sendo R$1.409,1 milhões no Brasil (+15,9%) e R$1.307,3 milhões no exterior (-16,9%). A redução dos prêmios com origem no exterior está em linha com a estratégia de re-underwriting amplamente divulgada pela Companhia.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Petrobras: Reajusta preço da gasolina em 5%; Já foram 15 reajuste apenas esse ano

Prêmio Ganho de R$567,9 milhões, com um aumento de 2,0 % em relação a abril de 2020. Já nos quatro primeiros meses de 2021, o prêmio ganho foi de R$2.022,2 milhões, uma redução de 1,7% em relação ao mesmo período de 2020. A redução observada tem a mesma origem comentada no parágrafo anterior, ou seja, a estratégia de re-underwriting.

Índice de sinistralidade de 84,3% em abril de 2021, uma melhora em comparação ao índice de sinistralidade de 118,7% registrado em abril de 2020. A despesa de sinistro em abril de 2021 foi de R$479,0 milhões, 27,5% melhor em relação a abril de 2020 (R$660,6 milhões). Nos quatro primeiros meses do ano, o índice de sinistralidade foi de 75,6%, equivalente a uma despesa de sinistro de R$1.527,9 milhões. Já nos quatro primeiros meses de 2020, o índice de sinistralidade foi de 87,9% ou R$1.808,2 milhões. 

Resultado antes dos Impostos negativo em R$81,6 milhões, uma melhora em relação a abril de 2020, que apresentou resultado negativo de R$259,2 milhões. Já nos quatro primeiros meses do ano, o resultado antes dos impostos foi positivo em R$11,1 milhões, comparado a um resultado negativo de R$172,1 milhões no mesmo período de 2020.

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas