CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Irã ataca duas bases iraquianas que abrigam forças americanas em vingança pela morte de Soleimani

Publicado

em

Foto: AFP

Irã lançou mais de uma dúzia de mísseis em duas bases iraquianas que mantêm tropas americanas no que parece ser uma retaliação pelo ataque aéreo americano que matou um importante general iraniano na semana passada, informou o Pentágono nesta terça-feira.

Uma autoridade dos EUA disse à CNN que não havia relatos iniciais de vítimas dos EUA, mas uma avaliação do impacto das greves está em andamento. Há baixas entre os iraquianos na base aérea de Ain al-Asad após o ataque, disse uma fonte de segurança iraquiana à CNN. 

O número de vítimas e se os indivíduos foram mortos ou feridos não ficou imediatamente claro.Assessores da Casa Branca estão fazendo planos para um possível discurso à nação pelo presidente Donald Trump, segundo duas autoridades.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Dexametasona: O medicamento eficaz contra a COVID-19

O ataque ocorre dias depois que os EUA mataram o general iraniano Qasem Soleimani em um ataque aéreo na capital iraquiana de Bagdá. O governo tentou lançar essa greve como uma tentativa de diminuir as tensões com o Irã, mas Teerã prometeu vingança pelo assassinato, que diz ser um “ato de guerra” e “terrorismo de Estado”.

Em um comunicado, o Corpo Revolucionário da Guarda Islâmica, ou IRGC, disse que os ataques foram “uma vingança” pela morte de Soleimani. O IRGC disse no comunicado que qualquer país que abriga tropas americanas pode estar sujeito a “atos hostis e agressivos” e pediu aos cidadãos americanos que exijam que o governo retire as tropas americanas da região.

Compartilhar:
Continue Lendo

Siga-nos no Google News

Siga-nos nas Redes Sociais

Ações Mais Procuradas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba notícia atualizadas