CONECTE-SE CONOSCO

Mercado de Ações

Ibovespa tem 1ª perda mensal desde fevereiro com inflação e política endossando ajuste

Publicado

em

Ibovespa tem 1ª perda mensal desde fevereiro com inflação e política endossando ajuste

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou esta sexta-feira em forte queda, selando o primeiro mês negativo em cinco, com preocupações com a inflação e política interna, após alta de cerca de 15% acumulada nos quatro meses anteriores.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 3,08%, a 121.800,79 pontos, na sessão, menor patamar desde maio, acumulando perda de 2,6% na semana e de 3,94% no mês. No ano, a alta agora é de 2,34%. O volume financeiro nesta sexta-feira somou 35,2 bilhões de reais.

Com a inflação ainda distante do centro da meta definida pelo Banco Central, houve aumento nas projeções para a taxa básica de juros, atualmente em 4,25%. Na próxima semana, o Copom deve promover mais uma alta, e várias instituições, a exemplo do Goldman Sachs, já esperam uma aceleração no aumento, para 1 ponto percentual.

VOCÊ PODE GOSTAR:  Ibovespa recua abaixo de 117 mil pontos com aumento de tensões EUA x Iran

Investidores também continuaram melindrados com as mudanças tributárias propostas no final de junho pelo governo federal, que tendem a persistir sob os holofotes em meio a negociações sobre um texto final, com algum desfecho aguardado para as próximas semanas.

As maiores quedas do Ibovespa em julho foram:

  • Americanas (AMER3), 25,9%
  • Lojas Americanas (LAME4) 20,71%
  • Via Varejo (VVAR3) 20,27%

Na ponta positiva,

As informações são da Reuters

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas