CONECTE-SE CONOSCO

Notícias

Oi: Tim levará a maior fatia após desistência da Highline

Publicado

em

Oi: Tim levará a maior fatia após desistência da Highline. Moneyinvest
Imagem/REUTERS/Remo Casilli/

Com a possível desistência da Higline, as atenções voltaram novamente para o trio Telefônica Vivo, TIM Participações e Claro que subiram a oferta e ofereceram 16,5 bilhões, 10% acima do preço inicial pela rede móvel da Oi.

Você pode gostar: As Small Caps que se destacaram em Julho e que podem continuar subindo

De acordo com informações do EXAME IN que obteve detalhes das negociações, diz que a Tim será, o maior comprador de espectro o principal ativo em questão na venda da Oi Móvel. A Claro é quem tem o menor valor a pagar na divisão do bolo. O valor a pagar de cada uma das teles é fruto de um algorítimo nada mais que uma fórmula matemática composto por espectro e clientes, mas com pesos diferentes para cada um.

Cada operadora pode ter até 35% da capacidade nas faixas abaixo de 1 GHz, por região de código de área, e até 30%, no intervalo de 1GHz a 3GHz.

Disputa entre Highline e Consórcio TIM/VIVO/CLARO

Na última terça-feira,(28), publicamos que fontes a par do assunto, disseram que os sócios da controladora americana Digital Colony, estariam dispostos cobrir a oferta das operadoras, uma vez que firmaram contrato de exclusividade pela disputa.

Porém, na última sexta-feira,(31) o colunista de O Globo Lauro Jardim, publicou em seu blog que a Highline deveria anunciar nas próximas horas a sua saída das negociações, o que não ocorreu até agora.

Os papéis da OIBR3 fecharam o último pregão do mês de julho em queda de 4,21% a R$ 1,82, já a Tim TIMP3 encerrou o dia em alta de 6,42% a R$ 15,75 e a Vivo VIVIT4 também terminou o dia em alta de 2,97% a R$ 52,65, após notícia da desistência da Highline.

Compartilhar:

Ações Mais Procuradas

Publicidade:

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas