Connect with us

Empresas

Oi na pior: Empresa dobra o prejuízo no 1º trimestre e atinge R$ 2,7 bilhões

Publicado

em

Oi na pior: Empresa dobra o prejuízo no 1º trimestre e atinge R$ 2,7 bilhões
Oi. Foto: Reprodução Facebook

Siga Money Invest no  Google News Money Invest

A Oi (OIBR3) divulgou um prejuízo líquido de R$ 2,7 bilhões no 1T24, dobrando as perdas em comparação com o mesmo período do ano anterior (2023). O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ficou negativo em R$ 204 milhões.

De acordo com a empresa, o desempenho negativo do Ebitda foi principalmente resultado da queda acentuada nas receitas dos serviços não essenciais, especialmente devido à dinâmica dos serviços baseados em cobre, devido às atuais restrições regulatórias para gerenciar sua rentabilidade, e à desaceleração do crescimento da fibra ao longo de 2023, influenciada pelo cenário macroeconômico e competitivo, além do aumento anual nos custos de infraestrutura de fibra.

Veja também:  Oi: Ação dispara à espera do Balanço e conclusão das negociações com Vivo e Tim

A margem Ebitda atingiu 10,9% entre janeiro e março deste ano, uma queda de 18 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida totalizou R$ 2,2 bilhões no primeiro trimestre de 2024, uma queda de 12,9% em comparação com o mesmo período de 2023.

Compartilhar:

Tendência