Connect with us

Dinheiro

Golpistas oferecem cartão clonado por R$ 35 no Twitter e WhatsApp

Publicado

em

Imagem: Racool_studio / Freepik

De acordo com uma reportagem do UOL divulgada ontem (30), criminosos estão utilizando o Twitter para vender cartões clonados a partir de R$ 35. Mesmo com o risco de serem descobertos, os golpistas mantêm perfis ativos na plataforma, expondo a satisfação dos clientes e fazendo propaganda da venda.

Um dos perfis, intitulado Professor do 7 Cartão Clonado, tem mais de 1.460 seguidores e outro, com o nome de Tio Patinhas Cartão Clonado, reitera que o “golpe é no sistema”.

Além dos cartões, esses perfis também oferecem cédulas falsas. Embora as negociações sejam realizadas no privado, os golpistas divulgam prints das transações bem-sucedidas em seus perfis do Twitter.

Veja também:  Nubank entra na disputa pelo mercado brasileiro de criptomoedas

Especialistas alertam que essa prática configura diversos crimes, incluindo fraude eletrônica, roubo de identidade, conspiração e lavagem de dinheiro. Os criminosos disponibilizam números de WhatsApp e Telegram para contato e negociação dos cartões clonados, oferecendo pacotes que incluem diferentes valores de saldo e preços variados.

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abesc) afirma que o Brasil tem avançado na segurança física, mas que o ambiente digital ainda representa um grande desafio.

A fraude com cartões clonados pode acontecer de diferentes formas, desde extravios em agências bancárias até vazamentos de dados financeiros em sites da dark web.

Com informações Uol

Compartilhar:

Tendência