Connect with us

Criptomoedas

Golpe das criptomoedas: Casal da Braiscompany condenado a 150 anos de prisão

Publicado

em

Golpe das criptomoedas: Casal da Braiscompany condenado a 150 anos de prisão
Imagem: Reprodução

A Justiça Federal condenou o casal dono da Braiscompany, um esquema criminoso com criptomoedas que movimentou ilegalmente mais de R$ 1 bilhão. A pena total soma cerca de 150 anos de prisão pelos crimes de contra o sistema financeiro nacional e contra a economia popular. Cabe recurso.

Funcionamento do esquema:

Com sede em Campina Grande (PB), a Braiscompany captava dinheiro de clientes de forma ilegal e prometia retornos irreais de até 10% ao mês, algo incompatível com o mercado de renda variável. A empresa parou de pagar seus investidores no final de 2022, deixando milhares de pessoas no prejuízo.

Veja também:  River Plate lança seu Fan Token $RIVER

Condenações:

O juiz federal Vinícius Costa Vidor condenou Antonio Inácio da Silva Neto e Fabricia Farias Campos (sua esposa) a 88 anos e sete meses e 61 anos e 11 meses de prisão, respectivamente. Ambos devem cumprir a pena em regime fechado inicialmente. Outros oito membros do esquema também foram condenados.

Foragidos:

Segundo o Globo, o casal está foragido desde fevereiro de 2022, quando a Braiscompany foi alvo da operação Halving da Polícia Federal. O nome da operação faz alusão ao evento que corta pela metade a emissão de bitcoins a cada quatro anos, o que impacta diretamente o valor da moeda digital.

Compartilhar:

Tendência