CONECTE-SE CONOSCO

Crypto

Chainlink 2.0: Startup quer se tornar uma indústria de US$ 500 bilhões

Publicado

em

Chainlink lançou um novo white paper explorando novos recursos de aplicativos e contratos inteligentes. Chamado Chainlink 2.0, ele estabelece como o projeto poderia evoluir para aprimorar oráculos de blockchain com o surgimento de contratos inteligentes híbridos.

Chainlink 2.0 é o próximo passo na evolução das redes oracle descentralizadas. Na concepção inicial, a Chainlink encontrou valor como uma rede oracle, conectando as redes blockchain ao mundo real. A necessidade de oráculos dentro do blockchain aumentou especialmente com o surgimento de DeFi. Isso requer que o Chainlink seja rápido, confiável e seguro para obter computação fora da cadeia para contratos inteligentes mais avançados.

Em declarações à ZDNet, Sergey Nazarov criador da Chainlink revelou que, apesar do aumento dos contratos inteligentes, as taxas do gás Ethereum continuam a ser o maior desafio. 

A Chainlink tem resolvido isso por meio de relatórios fora da cadeia, nos quais os dados são armazenados em uma rede descentralizada diferente. 

Nazarov comentou:

 “Contratos inteligentes híbridos são sobre a combinação de recursos de aplicativos de contratos inteligentes de blockchain e provas, dados e cálculos do mundo fora da cadeia. Este é um grande salto em frente porque redefine o que as pessoas podem construir. ”

De acordo com Nazarov, a Chainlink visa promover contatos inteligentes híbridos após o aumento da demanda dos desenvolvedores por contratos inteligentes mais avançados. Mas isso também apresentou alguns problemas.

Embora a computação em cadeia ofereça privacidade e segurança, ela falha em escalabilidade e altas taxas, especialmente na rede Ethereum. A computação fora da cadeia, por outro lado, falha em privacidade e segurança, ao mesmo tempo em que promove escala e taxas mais baixas. Nazarov acredita que haverá uma variação disso dependendo da preferência dos desenvolvedores.

Segmentando DeFi e NFTs

Chainlink 2.0 irá posicionar o projeto de maneira única para se tornar um bloco de construção para o futuro dos aplicativos de blockchain. As duas áreas que Nazarov acredita que a Chainlink poderia impactar mais são DeFi e NFTs, os dois setores mais quentes da criptografia.

O DeFi continuou a crescer no ano passado, ultrapassando o hype e agora tem mais de US $ 57 bilhões em valor total bloqueado. Ethereum domina este setor, com Compound, Maker e Uniswap ostentando bilhões de dólares em valor bloqueado. Os NFTs, por outro lado, atraíram o interesse das principais marcas e celebridades do mundo, da Paramount Studios a Jack Dorsey , de Mark Cuban a Paris Hilton.

Antes do DeFi e dos NFTs, a tecnologia blockchain era apenas sobre tokens. Agora, ele alimenta um próspero sistema financeiro que ameaça instituições que existem há séculos. Da mesma forma, a Chainlink liderará uma nova revolução que levará a indústria para o próximo nível, acredita o fundador.

Ele observou: 

“O que vai definir os novos casos de uso é sua capacidade de coordenar resultados valiosos em blockchains e em qualquer outro lugar. E essa coordenação é o que realmente tratam os contratos híbridos inteligentes. ”

O token da Chainlink, LINK, atingiu um recorde histórico acima de US$ 42 na última quarta-feira.

é o momento, a moeda está com alta de 15% e negociando acima a US$ 41.84. Atualmente, a criptomoeda está entre as 11° maiores moedas em valor de mercado. Além do lançamento do novo white paper, o preço foi impulsionado na semana passada pela Graph Blockchain Inc. adquirindo a LINK por US$ 500.000.

Com informações Zycrypto

Compartilhar:
Continue Lendo

Ações Mais Procuradas

Siga-nos no Google News

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Siga-nos no Twitter

Receba notícia atualizadas