Connect with us

Criptomoedas

Cardano pode valer US$ 1 com alta do Bitcoin

Publicado

em

Cardano pode valer US$ 1 com alta do Bitcoin
Imagem: freepik
Google news

Cardano (ADA) viu um aumento nos endereços lucrativos em 2021, atingindo níveis sem precedentes durante uma sólida recuperação.

Segundo dados da Coinglass, a porcentagem de endereços lucrativos do Cardano atingiu um pico de dois anos, alcançando 39,5%, representando cerca de 1,76 milhão de endereços.

Esse aumento ocorre em meio à disparada do Bitcoin, o que gerou um otimismo renovado entre os detentores de ADA. Apesar de a maioria dos endereços (55,2% ou 2,46 milhões) ter sofrido perdas e uma porção menor (5,19% ou 230 mil) estar no ponto de equilíbrio, o aumento nos endereços lucrativos destaca um ressurgimento da confiança no potencial de longo prazo da ADA.

Além disso, as métricas on-chain revelam um aumento significativo nas transações de alto valor envolvendo ADA, especialmente aquelas acima de US$ 100.000. Esse aumento sugere um crescente interesse na Cardano entre investidores institucionais e indivíduos de alto patrimônio líquido.

Veja também:  Cardano hard fork Vasil chega em junho

Apesar de atingir um pico de seis meses de 190 milhões de dólares em contratos em aberto, o sentimento de mercado atual parece predominantemente pessimista, com investidores buscando lucros.

Observou-se um aumento acentuado no envolvimento das baleias na rede Cardano, com um aumento substancial nas grandes transações nos últimos três meses. Essas transações consistentemente atingem níveis recordes, indicando um crescente interesse por parte de entidades institucionais e investidores significativos, o que pode servir como um indicador precoce de aumentos de preços.

Cardano pode valer US$ 1

Atualmente sendo negociada a US$ 0,42, a ADA está próxima do nível de suporte de US$ 0,39, e uma violação bem-sucedida da resistência em US$ 0,41 poderia impulsionar uma tendência de alta mais robusta, levando a ADA em direção a US$ 0,50 e possivelmente a US$ 1.

Compartilhar:

Tendência