Connect with us

Mercado de Ações

As maiores altas e as maiores baixas do ibovespa no mês de maio

Publicado

em

As maiores altas e as maiores baixas do ibovespa no mês de maio

Ibovespa registrou alta no mês de maio terminando o mês em alta de 3,22%, aos 111.351 pontos. A inflação na zona do euro continua mexendo com os mercados, com uma taxa de 8,1% em ritmo anual, pressionada pelo impacto da guerra na Ucrânia sobre os preços da energia e dos alimentos.

Liderando entre as maiores altas do mês de maio, Cielo avançou (+16,93), o JP Morgan elevou recomendação para as ações da Cielo de neutra para overweight (ou exposição acima da média do mercado) condiderando os últimos resultados operacionais da empresa.

Veja também:  Imposto transformado em Solidariedade

Confira as ações que mais subiram em maio 2022:

EmpresaTickerCotaçãoVariação
CieloCIEL3R$ 3,95+16,93%
BRFBRFS3R$ 15,65+15,24%
Bradesco PNBBDC4R$ 20,50+14,14%
EnevaENEV3R$ 15,58+13,56%
Bradesco ONBBDC3R$ 16,88+13,37%
Ultrapar*UGPA3R$ 14,37+13,34%

Magazine Luiza liderou entre as maiores queda do mês de maio caindo (-23,77%). Os papéis acumulam desvalorização da ordem de 50% em 2022.

Ações que mais caíram em maio 2022:

EmpresaTickerCotaçãoVariação
Magazine LuizaMGLU3R$ 3,72-23,77%
HapvidaHAPV3R$ 6,72-23,38%
PetzPETZ3R$ 12,13-20,35%
CVCCVCB3R$ 10,92-17,65%
Banco InterBIDI11R$ 12,59-17,01%
Compartilhar:

Tendência